Sábado, 19 de Setembro de 2009

Bater no fundo

No meio desta estória mal contada pelo DN e pelo Público sobre as alegadas escutas à Presidência da República quem uma vez mais sai mal é o jornalismo português, a sua credibilidade bateu no fundo.

Os pseudo jornalistas, alinhados de um e outro lado da barricada, servindo as estratégias de um e outro partido, não só nos atiram com a areia para os olhos como atrás arremessam a própria camioneta.

Numa altura em que deviam primar pela isenção, deixando o povo escolher livremente os seus representantes, fazem-nos chegar a voz do "dono" no meio de pontapés e caneladas. Vale tudo até arrancar olhos.

Afivelam um ar sério e nas televisões ou editoriais, consoante o lado da barricada, afirmam que este ou aquele senhor está a fazer jogo sujo.

Mandam às urtigas a deontologia, cravam facas nas costas uns dos outros e espezinham as próprias fontes. Armadilham notícias, tudo vale na defesa do supremo interesse, o Partido.

Parte da minha formação também passou por jornais, pela leitura de grandes cronistas cuja esmagadora maioria já não está entre nós, por isso cerro os punhos de raiva e tenho pena que os jornalistas não vão a votos...

publicado por salvoconduto às 02:02
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Viana a 19 de Setembro de 2009 às 15:47
Se fossem a votos nem sequer ganhavam direito a tempo de antena. Entretanto é vê-los, amontoam-se uns aos outros e entram, contra vontade nossa, pela casa dentro se ousamos ligar a tv.
De jrd a 19 de Setembro de 2009 às 16:07
Tambéns eles são cidadãos-eleitores tugas...
De o puma a 19 de Setembro de 2009 às 23:39

Salvo raras excepções

ainda temos jornalistas

no mercado
De cbo a 20 de Setembro de 2009 às 00:16
Como já escrevi no CR, também penso que o jornalismo sai mal de toda esta história, mas não relativizemos a importânica das coisas, Salvo. O cerne da questão está numa democracia podre, onde as instituições e guerreiam, sem qualquer interesse pelos problemas do país. É importante que não nos desviemos do essencial. É a democracia que está em perigo.
De Pata Negra a 20 de Setembro de 2009 às 14:28
Para que precisamos nós dessa imprensa se, aqui, na nossa blogosfera, nos entendemos?!
Um abraço: salvoconduto!salvoconduto!salvoconduto!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds