Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

Uma questão de semântica?

Podem estar sossegados que não vou aqui falar da fumaça que ontem à noite pairava sobre o país. Para isso já bastou a panóplia de comentadeiros que logo a seguir invadiram os ecrãs, também eles a deitarem mais fumaça sobre o assunto. Olhem que não eram poucos, os dedos das mãos não chegam para os contar. Este "nicho de mercado" é que está a dar. Nem se admirem por eles esticarem o assunto, no fundo pegaram de estaca e olham pela vidinha.

Espantou-me foi o ar escandalizado que alguns deles foram demonstrando ao longo da noite perante o anúncio de que o sistema informático da presidência apresentava vulnerabilidades. Só se me viessem dizer que tinha falhas grosseiras de segurança é que eu ficava preocupado.

Juro que vi alguns a fazerem questão de esbugalhar os olhos e outros a revirá-los. Se vocês não viram é porque estiveram colados a um só canal ou então acharam por bem dar o tempo por melhor empregue em outras actividades.

Houve um que se interrogou o que seria agora do povo! Se o computador do presidente tinha vulnerabilidades que seria dos nossos! Que tínhamos que tirar isto a limpo, que o presidente e o primeiro-ministro tinham que garantir que os nossos émeiles estavam seguros! Oh balhamedeus! Esses dois podiam-me garantir a pezinhos juntos, jurar até pela mãezinha, mas neles é que eu não me fio!...

Em que raio de mundo vive esta gente que nos quer fazer crer que os seus computadores são fortalezas inexpugnáveis? Nem o Pentágono! Disso é prova as várias condenações a quem ali tem entrado ilegalmente e essas só são as dos casos que foram descobertos. Vulnerabilidades ainda existirão por muito tempo, quer se queira ou não porque os próprios sistemas operativos muitas das vezes já vêm com elas. Não se cuidem não!...

Não resisto perante a pérola do director do jornal i, o homem para dar maior credibilidade à sua moenga, fazendo o ar de convencido, atira: "e isto é tanto mais grave quanto a palavra vulnerabilidade é de uso militar, usada em tempo de guerra!"

Guerras à parte a que horas é que dá o próximo episódio dos Morangos com Açúcar? Novela por novela...

publicado por salvoconduto às 01:06
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De maria a 30 de Setembro de 2009 às 01:55
E eu fiquei estúpida colada ao écrã, como mais nem sei quantos milhões de portugueses, à espera do discurso do homem.
Afinal saiu-lhe apenas um monte de cag--hotos boca fora... que treta!
As novelas podem seguir TODAS dentro de momentos, a mim não me pegam mais!

Abreijos
De Lúcia a 30 de Setembro de 2009 às 10:33
O país ficou mais vulnerável, não tenho dúvidas! Infelizmente é o PR que temos!

Acompanho-te a ver se encontro outra novela!

Beijos
De Pedro Oliveira a 30 de Setembro de 2009 às 11:41
O que virá seguir sr.PR? É que depois da cena dos açores e agora das vulnerabilidades,a malta está curiosa em saber que outra declaração bombástica vai daí sair.
De São Banza a 30 de Setembro de 2009 às 16:45
Relativamente ao Ex. Sr. Presidente já lhe dei parabéns e agradecimentos no meu espaço.

Quanto aos comentadores, uma maravilha: dissertam sobre futebol, política, economia, ...

Viva a polivalência!

Um abraço.
De Bluevelvet a 30 de Setembro de 2009 às 19:34
Fartei-me de rir com o teu post e sobretudo com o "Oh balhamedeus!" e o " moenga" termo alentejano que uso muito, mas não ouvia desde a infância.
Também essa do termo militar...
Mas, ao contrário da maioria dos teus comentadores, eu acho que isto ainda a procissão vai no adro.
Desconfio que se está a preparar alguma.
Abreijinhos
De Samuel a 1 de Outubro de 2009 às 00:57
Há uns espertalhaços que fazem de conta que levam esta novela a sério, para manterem os lugares de comentadores e esticarem a corda do drama, a ver o que dá... os outros são apenas idiotas.

Abraço.
De AnaMar a 1 de Outubro de 2009 às 13:29
Então não há trocas e baldrocas com a informática? Que o diga EU, quepassei uma vergonha, com um Perfil que foi criado, usurpando-me a identidade e que contacta os meus amigos no MSN, como se fosse eu...E com uma foto... :(

Quanto a ESSA novela...prefiro outras, mas também acho que ainda não terminou.

Abreijos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds