Sábado, 31 de Outubro de 2009

Quando eles não acreditam...

 

 

Não deixa de ser sintoma de alguma coisa, que não tardará a chegar, o facto de nem os próprios diplomatas no terreno acreditarem na guerra do Afeganistão. Desta vez é Matthew Hoh uma das esperanças da administração de Obama no Afeganistão e principal diplomata na província de Zabul, que acaba de apresentar a sua demissão por estar em desacordo com a estratégia do comando militar naquele país.

"Não sou um hippie que queira amor para todo o mundo, simplesmente perdi a confiança não tanto no por que estamos ali, mas na finalidade desta guerra". Assim se exprimiu ao pedir a sua demissão, argumento que já foi considerado como um dos mais demolidores para as esperanças dos Estados Unidos.

Com apenas 36 anos Matthew Hoh serviu como capitão dos Marines e como civil no Afeganistão, trabalhou no Pentágono e na Secretaria de Estado e desde Julho encontrava-se em Zabul.

"Perdi a confiança e deixei de compreender os objectivos estratégicos da presença dos Estados Unidos no Afeganistão", disse-o sem tibiezas aos comandantes militares numa carta de dez páginas que pode ser lida aqui no The Washington Post.

A administração Obama reagiu de imediato perante a certeza de que perder Matthew Hoh pressupõe um duro golpe e a possibilidade de que possa converter-se num dos seus maiores críticos. Não foi por acaso que o embaixador em Kabul, Karl W. Eikenberry, o levou de imediato para a capital afegã e lhe ofereceu um cargo junto a ele que no entanto Hoh recusou.

É de tal maneira importante a posição de Matthew Hoh que o enviado especial dos Estados Unidos no Afeganistão, Richard Holbrooke, já disse que "tomamos esta carta muito a sério porque ele foi um brilhante oficial. Todos estamos de acordo que dada a gravidade da carta, o compromisso que demonstra nela, e o seu historial, devemos prestar-lhe muita atenção".

Para Matthew Hoh, os Estados Unidos não se deram conta que o conflito no Afeganistão se converteu numa guerra civil. Depois de explicar que não se tinha convertido de repente num pacifista que "deseja o amor a todo o mundo", Matthew Hoh interroga-se por que terá um montão de pessoas que morrer ali ao mesmo tempo que deixa claro que muitos afegãos estão a combater os Estados Unidos apenas pela sua presença no Afeganistão e nem sequer são talibãs ou da Al Qaeda, como se pretende fazer crer.

Creio que quando o Afeganistão já não tiver ponta por onde se lhe pegar em termos de violência então sairão de lá abandonando-os à sua sorte como já fizeram no Vietname.

 

Fonte: The Washington Post

publicado por salvoconduto às 00:39
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De violeta a 31 de Outubro de 2009 às 09:06
E que o homem que ganhou o prémio Nobel da Paz medite sobre o assunto e tome uma decisão, rápido!
De justine a 31 de Outubro de 2009 às 17:29
Não é difícil perceber os objectivos estratégicos da presença dos EUA no Afganistão! E quando não tiverem mais vantagens a tirar da situação, ou esta se tornar insustentável por pressão da opinião pública e outras, claro que abandonarão o país.
E vivam os prémios Nobel da Paz!!!
De Samuel a 1 de Novembro de 2009 às 00:19
É importante que, também por lá, comecem a despertar consciências...

Abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds