Domingo, 29 de Novembro de 2009

Golpe de estado - take dois

 

As Honduras acordaram hoje sob estado de sítio, declarado pelo governo golpista, e sob a pretensão da legitimação do golpe de Junho passado. Como aqui dei conta, aconselho vivamente a leitura desse post, pois tudo decorre como ali previsto, realiza-se hoje uma farsa eleitoral, que sob os auspícios dos EU, como sempre, pretende dar legitimidade aos golpistas e continuar a "nova política para a América Latina" anunciada por Obama.

Ao que parece os EU já "convenceram" o Panamá a reconhecer estas eleições. Esperam-se múltiplas viagens do governo de Washington para tentar convencer a comunidade internacional. Devem contar com o apoio do Partido Popular Europeu, amigo de outra andanças, como o Iraque e Afeganistão. Com esta actuação os EU abrem caminho a novos golpes de estado onde se esperava que já tivessem sido erradicados.

Quem rejubila são os verdadeiros donos das Honduras, os "turcos", que apesar do nome são na realidade famílias de origem judaica que chegaram durante os anos 40 e 50. São os Rosenthal, os Facusse, os Larach, os Nasser, os Kafie. Cinco apelidos que controlam indústrias assembladoras, energia térmica, telecomunicações, turismo, banca, finanças, médios de comunicação, cimenteiras e comércio, aeroportos e o Congresso. Praticamente tudo.

São o núcleo duro desses 3% de hondurenhos que controlam 40% da produção nacional. São os "eleitos" de um país com 70% de pobres.

Personagens como Jaime Rosenthal, candidato presidencial em 4 eleições e dono de bancos, aeroporto, cervejeiras, equipas de futebol e meios de comunicação. Tem investimentos em cimento, companhias telefónicas, exportação de carne, seguros e telecomunicações.  Ou como Facusse, parentes dos Nasser que repartem desde há décadas as suas influências entre a política e as empresas. Eles são os "capos" do sector têxtil num país que se dedica a confeccionar muitos dos artigos de marca que depois viajam para os EU. Controlam ainda empresas químicas e madeiras exóticas. Destas duas famílias saíram muitos ministros e não há decisão no país que não passe pelas suas mãos.

A maioria não sabia ler ou escrever nem tão pouco falavam espanhol quando chegaram, mas tinham outros "atributos". Expulsaram a burguesia tradicional, de origem espanhola e alemã, e três gerações depois continuam a controlar o país sem admitir ninguém no seu clube de "poderosos". São, como disse no post acima referido os actores da peça de teatro que hoje está em cena nas Honduras.

publicado por salvoconduto às 20:40
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Lúcia a 29 de Novembro de 2009 às 22:10
Mais uma vez um daqueles posts em que se aprendem umas coisas e deixas pistas para outras investigações.
Quanto ao exposto, glostava de estar mais optimista do que tu. Não estou, não.

Beijos e óptima semana
De Bluevelvet a 29 de Novembro de 2009 às 22:16
Muito gostava eu de perceber tanto deste assunto com tu, mas não percebo, portanto acredito em ti.
Que tal começares a dar aulas sobre política na América Latina?
Abreijinhos
De Rosário a 29 de Novembro de 2009 às 23:07
“Na actual situação de censura, polarização e parcialidade da imprensa, ameaças frequentes e violência, as eleições não se consideram livres e justas”, assinala um comunicado divulgado hoje pela organização Repórteres Sem Fronteiras.
De maria a 29 de Novembro de 2009 às 23:23
Estava previsto, foi cuidadosamente preparado e surtiu efeito.
Obama, mais uma vez...
Ainda não fez um ano e já estou farta!!!
De justine a 30 de Novembro de 2009 às 10:16
Entretanto vão-se fazendo cimeiras, "pour épater le bourgeois"...
Mundo-cão, este!
De Pedro Oliveira a 30 de Novembro de 2009 às 11:09
vamos ver a coragem dos senhores da cimeira em relação ao não aceitarem o acto eleitoral e os seus resultados.
boa semana
De hb a 30 de Novembro de 2009 às 14:15
e o Uruguai? As eleições também não deram o que a direita queria.. e agora? ficamos à espera do golpe

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds