Segunda-feira, 30 de Março de 2009

Assim é mais difícil

O governo paraguaio deseja que todos as crianças que vão às escolas recebam ao menos uma caneca de leite. "Assim, pelo menos, não dormem nas carteiras", afirmam os professores. Nem sempre é possível e nem sempre as crianças vão à escola, mas as autoridades do governo a que preside Fernando Lugo, está a colocar nisso todo o seu esforço.

Mas nem todos pensam assim, o proeminente senador Alfredo Luis Jaeggli, de 62 anos, do Partido Liberal, o segundo do Paraguai, proprietário de terras e empresário, mostra-se enfadado, opõe-se radicalmente.

"Eu vivi isso no Colégio Internacional, quando era criança", explica numa carta dirigida ao Jornal Abc de Assunção. "Eu, rico, que tomava um bom pequeno almoço e ia de carro com motorista para o colégio, tinha que tomar a maldita caneca de alumínio cheia de leite sem açúcar... talvez isso tenha contribuído para que seja liberal e que odeie essa prática". Jaeggli protesta por "essas ideais keynesianas de que o Estado deve intervir e regular o que não é seu". Se se dá uma caneca de leite às crianças, "não me torna isso num pai irresponsável? Não serão essas medidas as que propiciam que haja milhares de crianças pedindo esmola nos semáforos?", Interroga.

Poucos dias antes de Fernando Lugo tomar posse, Alfredo Luis Jaeggli, e dois amigos seus, venderam ao Ministério das Obras Públicas uma quinta pela qual acordaram receber 980.000 euros. O senador Jaeggli assegura que essa terra é sua mas não tem o título original de propriedade. Investigações jornalísticas demonstraram que se tinha realizado uma burla de falsificação de instrumentos públicos, suborno de advogados e diligências judiciais irregulares. O novo governo chegou a tempo, por minutos, de anular o cheque do Banco Nacional.

O caso de Jaeggli é representativo do estado a que chegou o Paraguai depois de mais de 60 anos de domínio do Partido Colorado. A saída do general Alfredo Stroessner, em 1989, apeado do poder por outro general, do qual se disse que era um dos principais narcotraficantes do país (o Paraguai é o maior exportador de marijuana do mundo), não mudou em nada a cultura de corrupção que arrasa a sociedade paraguaia, nem a extrema pobreza da sua população.

A possibilidade real de mudança chegou há sete meses com a vitória do até então bispo Fernando Lugo, à frente de uma complexa aliança que, contudo, não lhe deu a maioria no Parlamento.

Lugo e a sua pequena equipa de homens e mulheres, honestos, mas em muitos casos com falta de experiência, fazem frente provavelmente à tarefa mais difícil que possa existir neste momento na América Latina: mudar um Estado que está completamente organizado em torno da corrupção e fazê-lo sem ter a maioria parlamentar nem poder mudar um poder judicial que está dominado, de alto abaixo, por essa corrupção.

Eu sei bem que Lugo tem ali uma tarefa gigantesca mas não haverá alguém capaz de lhe aliviar a carga cuidando do tal Alfredo Jaeggli, quanto mais não fosse à base de leite com algo substancial lá dentro? E por substancial dêem azo à vossa imaginação, mas podem ter a certeza de que é mesmo "nisso" que eu estou a pensar...

 

Fonte: El País

publicado por salvoconduto às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
Domingo, 29 de Março de 2009

Hipocrisia

Incapaz de se manifestar em Portugal contra o seu amo, João Proença, prefere ir manifestar-se a Londres de modo a não por em causa José Sócrates.

Este secretário-geral de uma central sindical que é incapaz de organizar uma manifestação, na defesa dos seus representados, envia representantes e faz-se representar numa manifestação em Londres contra os motivos que não ousa contestar em Portugal.

Muito custa a João Proença revelar o que verdadeiramente é, até aos seus próprios olhos; não se atrevendo, faz-se hipócrita. E como hipócrita que é, finge comportamentos correctos, socialmente aceites.

publicado por salvoconduto às 20:47
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Sábado, 28 de Março de 2009

Piaçaba

 

Sabem o que é um cagão? É um seleccionador nacional que num jogo em que é obrigatório ganhar nos brinda com:

 

Ricardo Carvalho - defesa central
Bruno Alves - defesa central
Pepe - defesa central
Rolando - defesa central

Se a estes defesas centrais acrescentarmos os dois defesas laterais só tinhamos mesmo que não perder.

O seleccionador nacional, esse, deixou crescer a barba e fez promessa. Mas não é desta vez que vai a Fátima...

publicado por salvoconduto às 23:13
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito

Dia nacional da juventude

"Dia 28 de Março, comemora-se os 62 anos do Dia Nacional da Juventude, sempre associado à luta pelos direitos individuais e colectivos dos jovens trabalhadores e por melhores condições de vida e de trabalho. Este dia comemorou-se no tempo do fascismo, mesmo com ausência de liberdade, hoje comemora-se com a democracia conquistada pela revolução do 25 de Abril.

Os jovens trabalhadores são uma das principais vítimas das políticas da exploração do patronato e do Governo PS/Sócrates. O aparelho produtivo é destruído, aumento do desemprego e da precariedade; redução dos salários; aumento da carga horária, retirada dos direitos duramente conquistados por gerações de trabalhadores."

A juventude tem sobejas razões para estar descontente e tem direito à sua justa indignação.

publicado por salvoconduto às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

Portugal no seu melhor

 

Depois de Fátima Felgueiras ter sido ilibada segue-se agora a vez de Avelino Ferreira Torres ser absolvido de todos os crimes de que era acusado, em julgamento que hoje terminou no Marco de Canavezes.

Quando será que a justiça portuguesa conseguirá provar um crime, unzinho que seja? Será que só o faz através de confissão do culpado? Em Portugal o crime compensa, os pequenos delitos é que não.

Imparável já anunciou a candidatura à câmara e a criação de mais um clube de futebol...No exterior do tribunal, aplaudido pela população que gritava vitória e em frente a um cartaz da sua campanha para as próximas eleições autárquicas, Ferreira Torres mostrou já postura de candidato e afirmou que "a vitória será em Outubro. Aí, o Marco vai voltar a trabalhar, porque esteve quatro anos parado".

A justiça essa nunca se mexeu, mas tem pelo menos uma pessoa que acredita nela, Avelino Ferreira Torres, que afirmou que agora começa a acreditar na "justiça dos Homens"...

publicado por salvoconduto às 19:30
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Quarta-feira, 25 de Março de 2009

Só lhe falta ser padre

Uma grande parte do Parlamento Europeu está a mobilizar-se para tentar evitar que o ultra-direitista francês Jean-Marie Le Pen presida ao parlamento, na sessão inaugural daquela instituição depois das eleições europeias do próximo mês de Julho.

O polémico político francês, numa intervenção no plenário, afirmou que as câmaras de gás durante a segunda guerra mundial foram apenas um detalhe da história.

Este acto veio aumentar a polémica em torno da alta probabilidade de que Le Pen, de 81 anos e que encabeça a candidatura às eleições europeias pela Frente Nacional francesa, se converta no eurodeputado mais velho e deva, segundo o regulamento do Parlamento Europeu, presidir ao plenário constitutivo em Julho, mas há já quem queira modificar as normas.

A resposta de Le Pen às acusações de negacionismo não se fez esperar: "Eu limitei-me a dizer que as câmaras de gás foram um detalhe da História da segunda guerra mundial, o que é uma evidência", disse depois de tomar a palavra perante o plenário. Esta afirmação está na mesma linha de uma outra, em 2005, ao assegurar que a ocupação nazi da França "não foi particularmente desumana".

Esquecem-se os promotores da iniciativa que Le Pen não é único, tem lá mais "sócios" quer da Frente Nacional quer, por exemplo, da Liga do Norte de Itália.

publicado por salvoconduto às 19:38
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Terça-feira, 24 de Março de 2009

Fim da impunidade?

A dor provocada pela actuação das forças armadas argentinas durante a feroz ditadura militar dos anos 70 receberá agora um bálsamo com a derrogação definitiva da jurisdição penal militar e a entrada em vigor de uma nova lei, segundo a qual os militares que cometam delitos em tempo de paz deixarão de ser julgados por outros militares e passarão a submeter-se, como qualquer outro cidadão, aos tribunais civis ordinários.

Esta nova lei, constitui uma novidade absoluta na América Latina, onde os militares se reservaram sempre o direito de não se submeterem ao juízos civis.

A reforma dos códigos militar e penal argentinos tem uma importância capital. Passaram 25 anos desde que a ditadura militar se desmoronou, mas todavia não faz nem dez que o Conselho Supremo das Forças Armadas argentinas pretendeu declarar-se exclusivamente competente em causas abertas pelo sequestro e roubo de bebés durante a ditadura militar. Já era tempo.

publicado por salvoconduto às 21:41
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Segunda-feira, 23 de Março de 2009

Também na Guatemala

Chegou a vez da Guatemala ajustar contas com o seu passado ao serem publicados recentemente documentos norte-americanos que foram agora desclassificados e através dos quais se fica a conhecer, entre muitos outros, o desaparecimento de Edgar Fernando Garcia, líder estudantil e activista sindical capturado por forças de segurança guatemaltecas em 1984. Os documentos mostram que a captura de Garcia foi um sequestro político bem organizado e orquestrado ao mais alto nível do governo guatemalteco.

Este documentos permitiram a prisão, no dia cinco deste mês, de Hector Roderico Ramírez Rios, um oficial de alta patente da polícia em Quetzaltenango, e no dia 6 do polícia reformado Abraham Lancerio Gomez, como estando ligados ao sequestro de Garcia. Foram emitidas ordens de prisão para mais dois implicados, Hugo Rolando Gomez Osorio e Alfonso Guillermo de Leon Marroquín. Ambos ex-oficiais da famigerada Brigada de Operações Especiais (BROE) da Polícia Nacional, uma unidade ligada a actividades dos esquadrões da morte durante os anos 80.

O desaparecimento de Fernando Garcia forma parte de uma campanha de terror de Estado concebida para destruir os movimentos sociais urbanos e rurais durante os anos 80.  Em 18 de Fevereiro de 1984, o jovem líder estudantil foi capturado junto de um mercado perto de sua casa na cidade de Guatemala. Nunca mais foi visto.

Embora testemunhas assinalassem a participação da polícia, o governo, sob o comando do então chefe de estado Oscar Humberto Mejia Victores, sempre negou qualquer participação no sequestro. De acordo com o relatório emitido pela Comissão de Esclarecimento Histórico em 1999, Garcia é um dos 40.000 civis que desapareceram às mãos de agentes do Estado durante os 36 anos do conflito civil na Guatemala.

Os documentos norte-americanos também fazem uma cronologia dos acontecimentos em que se viram envolvidos os membros do GAM, Grupo de Apoio Mútuo, que se converteram no alvo da violência governamental.

Os membros do GAM sofreram o pior período de violência durante a Semana Santa de 1985, começando com o sequestro de um dos seus dirigentes, Hector Gomez Calito, cujo corpo torturado e mutilado foi encontrado em 30 de Março de 1985.

De acordo com uma fonte de informação da embaixada dos Estados Unidos, agentes do Departamento de Investigações Técnicas (DIT) da Polícia Nacional tinham estado a recolher informação sobre Gomez nos dias anteriores ao seu sequestro. Duas semanas antes do seu desaparecimento, o chefe de estado, Oscar Mejia Victores, acusou publicamente os membros do GAM de serem manipulados pelas guerrilhas e questionou as suas fontes de financiamento.

Depois do assassinato de Gomez Calito, Rosario Godoy de Cuevas, co-fundadora do GAM e viúva do desaparecido líder estudantil Carlos Ernesto Cuevas Molina, foi encontrada morta no fundo de uma vala localizada a 2 quilómetros da cidade de Guatemala junto com o seu filho de 2 anos e do seu irmão de 21.

Enquanto o governo sustentava que as suas mortes tinham sido resultado de um acidente, informadores da embaixada negavam a versão oficial dos acontecimentos e asseguravam que Godoy tinha sido o alvo e que a sua morte era um homicídio premeditado. Observadores de direitos humanos que viram os corpos assinalaram que às vítimas tinham sido arrancadas as unhas.

A prisão destes oficiais da polícia na Guatemala é um passo sem precedentes na luta contra a impunidade e poderá significar que dentro em breve se poderá vir a conhecer melhor o período negro dos anos oitenta e os seus responsáveis. Assim continuem os esforços de investigação que estão a ser levados a cabo no arquivo da Polícia Nacional da Guatemala, têm lá pano para mangas.

publicado por salvoconduto às 22:55
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Cuito Cuanavale: o princípio do fim do apartheid

Faz hoje 21 anos que se travou, no sudeste de Angola, a decisiva Batalha de Cuito Cuanavale, na qual tropas angolanas, de Cuba e da SWAPO, movimento armado de libertação da Namíbia, unidas, derrotaram tropas do regime racista da África do Sul, que tinham o apoio da Unita e dos EUA.

A situação em Angola agravara-se drasticamente com a intervenção directa do exército da África do Sul, o que leva o governo de Angola a solicitar ajuda militar de Cuba.

Apesar da solidariedade militar cubana a Angola, a crescente intervenção dos EUA no conflito, através da África do Sul, faz com que boa parte do território angolano escape do controlo do governo angolano. Em Outubro de 1987, o Presidente angolano José Eduardo Santos expõe a Fidel Castro as dificuldades e o risco de uma derrota militar. Solicita que Cuba conceda mais apoio militar.

A dramática situação angolana é analisada exaustivamente pela direcção cubana que decide empenhar-se decisivamente na guerra de libertação do povo angolano, baseando-se nos princípios do Internacionalismo, inscrito na Constituição Socialista de Cuba.

As tropas angolanas e cubanas posicionadas na localidade de Cuito Cuanavale, estavam sob intenso bombardeio do exército racista da África do Sul. O risco de massacre era iminente. Enquanto resistiam, um novo plano estava a ser elaborado em Cuba para inverter esta situação desfavorável.

Em sucessivas viagens de 15 horas de Havana até Luanda aviões transportam dezenas de milhares de soldados cubanos.

Há também o fornecimento de mil tanques, milhares de baterias anti-aéreas e num prazo recorde de 60 dias é construído um aeroporto com estrutura suficiente para aterragem e descolagem dos modernos aviões Mig-23, que Cuba também forneceria a Angola, juntamente com seus melhores pilotos. O plano estava traçado para a Batalha final de Cuito Cuanavale: 40 mil soldados cubanos bem armados e treinados, 30 mil soldados angolanos e 3 mil guerrilheiros da SWAPO, o exército de libertação da Namíbia, país que também estava ocupado por tropas da África do Sul.

Fidel havia encarregado o general Cintra Frias, veterano guerrilheiro de Sierra Maestra, do comando destas operações em território angolano. Na oportunidade, Castro teria confessado ao líder do Partido Comunista da África do Sul, Joe Slovo, que a estratégia seria como a de um boxeur: "Enquanto seguramos o inimigo com a mão esquerda (Cuito Cuanavale), vamos atacando com o punho direito".

Não suportando os golpes recebidos, em especial pela actuação dos pilotos cubanos nos MIG-23, que ganhavam vantagem contra os Mirage da África do Sul, a batalha decisiva ocorre no dia 23 de Março de 1987, uma derrota fundamental das tropas da África do Sul que Nelson Mandela assim descreveria: "Cuito Cuanavale foi a viragem para a luta de libertação do meu continente e do meu povo do flagelo do apartheid!"


Fonte: Pátria Latina

publicado por salvoconduto às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
Sábado, 21 de Março de 2009

Roubo de igreja

 

 

Uma vez mais Sport Lucílio Batista...

publicado por salvoconduto às 22:56
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds