Terça-feira, 31 de Maio de 2011

Finalmente? Uma ova!

 

 

Afirmava há momentos aquele deputado do PSD que na Assembleia da República tem tendência a utilizar o vernáculo quando as coisas não lhe estão de feição, frente àquele jornalista que ameaça sempre atingir-nos com um dos olhos tal a maneira como os arregala, que finalmente o TPI (Tribunal Penal Internacional) poderia cumprir a sua missão e julgar o sérvio Mladic. Oh senhor deputado, sente lá no mocho o par Bush-Blair e aí sim, eu também direi "finalmente".


Ah e tal, dizia ele, é responsável por cerca de oito mil mortes, ah e tal, digo eu, esses dois são responsáveis pela morte de mais de um milhão de mortes no Iraque, entre civis e militares.

 

É claro que todos nós sabemos por que os motivo os gringos não reconhecem tal tribunal, que em todo o caso lhes dá um jeitão para julgar os "outros"...

 

Afirmam já que o próximo será Kadafi. Não querem aproveitar, para reduzir despesas, e julgá-lo juntamente com Obama, ou será que as mortes de civis na Líbia sob as bombas da NATO são registadas como causa natural?

 

Read my lips!

publicado por salvoconduto às 22:40
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Maio de 2011

Em maré de assaltos

 

 


Cada vez que abro o JN dou conta que acontecem assaltos por tudo quanto é canto, as caixas multibanco esventradas à bomba, o carteirista no metro, a idosa que guardava as notas debaixo do colchão, o ourives que teima em ir à feira de Custóias carregado de "cromados" e "dourados", tudo à luz do dia, dito de outra maneira, tudo como dantes não se aprende nada de novo.

 

Erro meu que desconhecia uma das últimas notícias da Lusa. Afinal há mesmo novos métodos de gamanço. Aqui fica um:

 

"Os investimentos do fundo soberano líbio no Ocidente oferecem às instituições financeiras ocidentais a oportunidade de um desfalque perfeito, segundo especialistas em fluxos e branqueamento de capitais entrevistados pela Lusa.

 

Um especialista norte-americano declarou que «a consequência financeira directa da queda de Kadhafi seria o ‘desaparecimento’ de fundos que pertencem ao povo líbio e deviam ser devolvidos a Trípoli para a sua reconstrução».

 

Para esta fonte, «é impossível saber se houve uma intencionalidade económica na operação contra Kadhafi. O que é inegável é que a sua queda daria imenso jeito aos bancos ocidentais. Seria o desfalque perfeito».

 

Documentos revelados hoje e fontes entrevistadas em vários países, incluindo a Líbia, dão conta de investimentos da Autoridade Líbia de Investimento (LIA, o fundo soberano líbio) no banco francês Société Générale (SG) e nos bancos portugueses BCP e BES.

 

O tipo de produtos financeiros em que os fundos líbios são aplicados torna «muito difícil, ou mesmo impossível» a identificação de tais fluxos.

 

«Podem andar atrás do dinheiro até à eternidade. Não apenas as autoridades internacionais mas também, evidentemente, o dono do dinheiro», resume o especialista na aplicação de sanções interna-cionais."

 

Topam agora aquele encarniçamento todo de Sarkozy na "zona de exclusão aérea da Líbia"? Não é nada, não é nada, mas para além do petróleo ainda "exclui" uma data de mil milhões a que o povo líbio por estas horas já disse adeus. Dos dois bancos portugueses já nem falo, nunca fizeram outra coisa senão gamar.

publicado por salvoconduto às 23:15
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 25 de Maio de 2011

Subidas e descidas

 

 

 

Nunca sei o que é uma descida muito menos uma subida nesta questão de sondagens. Quem parece dominar a matéria na ponta da unha é Rodrigo Guedes de Carvalho pivot da SIC no jornal nacional. Para ele descida é o PS e CDS apresentarem menos 0,6% e 0,5% respectiva-mente, enquanto subida é o PSD apresentar mais 0,6%. Já "subida ligeiríssima" é a CDU apresentar mais 0,5%. Dito assim com esta clareza por Rodrigo Guedes de Carvalho mais não me resta do que agradecer-lhe por me elucidar numa matéria a que geralmente sou avesso.

 

Mas há quem saiba ainda mais do que ele, tal é o caso daquele persona-gem do qual não fixei o nome, que aproveitou a onda para lançar um livro precisamente sobre sondagens e estudos de opinião. Na mesma tv veio informar-nos que não só podemos como devemos acreditar nas sonda-gens que nos são apresentadas, isto é, as sondagens que ainda ontem, 24/05/2011, apresentavam o PSD com 6,7 a mais do que o PS e hoje, 25/05/2011, o apresentam com uma diferença de 1,2.

 

Quando ainda não havia esta coisa da internet normalmente estas sondagens ou estudos de opinião acabavam por ser impressas em papel o que dava um jeito tremendo aos vendedores de castanhas ou àqueles desgraçados que sempre aflitinhos recorriam ao sanitário público onde as encontravam, depois de cortadas aos quadrados, penduradas num prego convenientemente colocado entre dois azulejos.

 

Por mim contenho-me e não ouso levar o Ipad ou o portátil para o WC, é que não dão mesmo jeito nenhum para limpar o traseiro, eu que até nem sou esquisito e que já o limpei a pedras redondinhas, a uma telha ou até mesmo às folhas de um qualquer sobreiro ou castanheiro...

 

publicado por salvoconduto às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 24 de Maio de 2011

Uns sabem o que buscam, outros nunca souberam.

 

 

 

"O Estado vai perder cerca de 237 milhões todos os anos com as privatizações previstas até 2013, tendo em conta os últimos dividendos distribuídos pelas empresas que participa. Sete das 18 empresas a alienar têm gerado retorno para os cofres públicos, directa e indirectamente."

 

Nunca a vida lhes correu tão bem. Ainda não tomaram conta do poder e já controlam por completo os meios de comunicação social. Aqueles que até há pouco andavam com José Sócrates ao colo apressam-se a apagar qualquer impressão digital ou vestígio de ADN.

 

Outros ainda, à semelhança do que aconteceu em Espanha, declaram que nem lá vão nem fazem minga, votarão em branco, Passos e Sócrates agradecem. Dentro de pouco tempo estarão a criticar os sindicatos por lhes não resolverem os problemas ou a acusá-los de não saberem "modernizar-se".

 

Volto para onde estava, mas regresso.

publicado por salvoconduto às 22:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Quem não se sente...

 

 

Será que aquela gente que ontem gritava em Dublin também vai sair hoje à rua?...

Será que aqueles que há poucos dias rumaram a Fátima, rumarão desta vez a outras concentrações!...

Fiem-se na bola e na virgem e vão ver o rico "enterro" que vos espera...

publicado por salvoconduto às 04:20
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

Depressa que se faz tarde


 

 

Prossegue a incessante busca pela justiça na Argentina. Desta vez dois pilotos das linhas aéreas da Argentina, ex-militares e pilotos da Guarda Costeira durante a ditadura, foram presos na terça-feira por terem sido tripulantes do "voo da morte" que lançou vivas ao mar três fundadorasdas "Mães da Praça de Maio" e uma freira francesa.
 
São os comandantes de voos internacionais de companhias aéreas argentinas Enrique José Mario De Saint Georges e Daniel Arru. Igualmente foram presos um terceiro piloto, Alejandro Domingo D'Agostino, reformado e chefe da Divisão de Veteranos, o ex-oficial da Marinha, Ricardo Ruben Armelle e o advogado Gonzalo Torres de Tolosa por alegada ligação com o caso.

 

Os três pilotos foram acusados pelo procurador-federal Eduardo Taiano de terem sido os tripulantes do avião Skyvan PA-51 que na noite de 14 de Dezembro de 1977 levantou de Buenos Aires e do qual foram lançadas vivas ao mar várias pessoas que estavam sequestradas numa da mas-morras do regime.

 

Entre elas estavam as fundadoras das "Mães da Praça de Maio" Azucena Villaflor de Devicenti, Esther Ballestrino de Careaga, Maria Ponce de Bianco e Angela Aguad bem como a freira francesa Leonie Duquet.

 

O sequestro ocorreu em 8 de Dezembro na igreja de Santa Cruz, onde as mulheres costumavam reunir-se com o apoio dos padres na organização da busca dos familiares sequestrados.

 

Os corpos das vítimas desse "voo da morte" foram arrastados pelas correntes marítimas, seis dias mais tarde deram à costa nas praias de Santa Teresita e foram enterrados como "desconhecidos" no cemitério da localidade de General Lavalle.

 

Somente em 2005, a equipa de Antropologia Forense (EAAF) conseguiu identificar os cadáveres e certificar que apresentavam fracturas causadas pela queda de uma grande altura e pelo impacto com a água.

 

Finalmente foram reunidas as provas, já começaram a ser ouvidos na instrução dos respectivos processos e só espero que não demorem a sentar o cu no mocho do tribunal, na presença das muitas outras mães da praça de Maio que há muito esperam que se faça justiça.

publicado por salvoconduto às 02:14
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 10 de Maio de 2011

Preconceito é doença

 

 

José Albergaria é outro bloger da nossa praça que julga ser ele a iluminar o mundo. À beira dele o Sol é mera candeia. É de tal modo iluminado, que perto dele só mesmo com óculos escuros e protector solar. Escreve, melhor dizendo, vomita diariamente no "Mainstreet", diz-se unha com carne com Platão e Aristóteles.

 

Mostra a sua indignação por a revista Única do Expresso ter entrevistado um "semi-analfabeto" (sic), Jerónimo de Sousa. Não perdoa a Ricardo Costa e Pedro Mexia por terem realizado a entrevista. Aqui vai um pouco do vómito dele:

 

"....Ninguém ainda, desde que está SG do PCP, lhe descascou a pele de politico, enquanto militante da Comissão de Freguesia de Sacavém, de Coordenador da CIL (cintura industrial de Lisboa), de deputado, de quadro permanente do PCP. Alguém o fará, um dia.
 
Sabe-se que não gosta de ler. Sabe-se que é (ou foi) um mulherengo militante. Sabe-se que mantém uma família tradicional. Sabe-se que gosta de jogar às cartas, de dançar, de lançar a malha, de comer e de beber.
 
Sabe-se que mora em Piriscoxe. Gostava de acampar no parque de campismo da praia do Malhão, e propriedade do SITAVA, sindicado da aviação.
 
Mas falemos da ignorância do nosso homem.
 
A tradição no seio dos comunistas já não é o que era. Desde sempre, o leninismo defendia e defende, que a consciência de classe, no interior do proletariado, deveria vir de fora, da intelectualidade marxista.

Assim ocorreu sempre. Veja-se o caso português.
 
Bento Gonçalves, operário especializado do Alfeite, dizem, quem com ele privou, que era uma enciclopédia viva: matemáticas, física, mecânica, línguas, filosofia e, naturalmente, marxismo, tudo isto ele dominava. Conhecia-se pouco Lenine. Sabia-se, sobretudo, da revolução russa.
 
Álvaro Cunhal, licenciado em direito, conhecedor de muitas línguas, história, economia, escritor, pintor, gráfico e organizador de truz.
 
Carlos Carvalhas, economista, pouco culto, mas competente e modesto político.
 
O actual SG, operário metalúrgico.

 

Sempre viveu, em termos intelectuais, da parasitagem dos outros.

....

Imagina-se Jerónimo de Sousa a ler a Capital de Marx, ou a Origem da Família, ou o Feuerbach de Engels? Ou até o Que fazer?, o Imperialismo Estádio Supremo do Capitalismo, ou Materialismo e Empirocriticismo de Lenine?…"

 

Poderia ficar aqui a tecer considerações sobre os atributos intelectuais de João Albergaria,  do seu "tumor cerebral", mas melhor do que eu outro operário metalúrgico define o que é preconceito, o miserável preconceito de que padece o autor daquele blog. Aqui fica o vídeo.

 

 

 
publicado por salvoconduto às 01:47
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 7 de Maio de 2011

Tal pai tal filha

 

 

O ex-ditador Alberto Fujimori alcançou o poder através do populismo, da caridade, no fundo o mesmo caminho que segue agora a sua filha candidata à presidência do Peru, Keiko Fujimori, de quem ainda recente-mente aqui falei .

 

Estamos em plena campanha eleitoral, disputa-se a segunda volta, e Keiko Fujimori demonstra na prática os ensinamentos do pai e mestre. Troca votos por pacotes de arroz, lentilhas, açúcar e pacotes de leite, artigos que devido à alta de preços se converteram em artigos de luxo nos bairros pobres de Lima.

 

Conta com a "abnegada" entrega das senhoras de bem dos bairros ricos que promovem uma gigantesca recolha de alimentos, dinheiro e outros artigos para serem entregues na sede de campanha de Keiko Fujimori.

 

As instruções ao potenciais doadores são precisas, colocar 2 sacos de arroz, 2 latas de atum, 1 de açúcar, 1 de feijão e um pacote de biscoitos num saco plástico transparente onde o staff de Keiko colocará uma tarja autocolante com um "K" de Keiko Fujimori.

 

O próximo "saco com K" que aqueles eleitores voltarão a ver será apenas em próximas eleições em que se envolva a família Fujomori. Até lá terão que contar com os centros de apoio do Estado que servem uma refeição quente se quiserem saciar a fome e é já um milhão que a eles recorrem na capital do Peru.

publicado por salvoconduto às 00:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 4 de Maio de 2011

Por uma televisão verdadeiramente interactiva

 

Mira Amaral dizia há pouco na tv que não sabe o que é isso de política neoliberal, ao mesmo tempo que se ria, com a baba a saltar-lhe dos cantos da boca, de Arménio Carlos, da CGTP. Estavam felizes e riam alarvemente, ele, o jornalista da TVI e um outro personagem que não identifiquei pois cheguei tarde à "festa".

 

É nestas alturas que lamento que as tecnologias da comunicação ainda não estejam suficientemente avançadas, por exemplo a nível de uma televisão verdadeiramente interactiva.

 

Dava-me jeito ter interrompido a festarola e ter dito a Mira Amaral que essa puta da política neoliberal que ele diz desconhecer, todos os chulos dizem sempre desconhecer as putas que "protegem", é a que lhe permitiu abotoar-se com 18.000 euros de reforma do banco do Estado e continuar a mamar à sua sombra.

 

Vá pró Conde Redondo senhor engenheiro, é lá que reúnem os chulos, sejam eles azeiteiros ou proxenetas! Isto ainda um dia há-de ser possível...

publicado por salvoconduto às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Padeira de Aljubarrota ou Sancho Pança?

 

 

Já não estranho a crispação com que alguns blogers da nossa praça, principalmente daqueles que, vá-se lá saber porquê, mais se encostam à direita, zurzem aqueles que mais se encontram à sua esquerda.

 

Gosto de ler uma discussão aberta e inteligente, mas quando ela roça a desonestidade o meu fígado ressente-se.

 

Pedro Correia bloger do Delito de Opinião, do Albergue Espanhol e insigne jornalista, há uns tempos a esta parte, vá-se lá também saber porquê, cerrou fileiras em torno do outro Pedro, o Passos, e sempre que pode desata à espadeirada em tudo o que "mexe".

 

Quando não lhe dão troco ora pega no Avante ora vai ao Cinco Dias, retira de lá uma frase qualquer e a partir dela, paff, post nos dois blogues em simultâneo. Ele quer lá saber se o que escreve já é requentado e cheira a bafio, desde que dê para manter a freguesia e as visitas ao blog tudo para ele parece válido.

 

O último é sobre Bin Laden. Mais uma vez põe na boca dos outros aquilo que deseja ter lido e uma vez mais, a trabalhar para as "audiências", desata à espadeirada contra não um mas cinco posts do Cinco Dias e trata de os meter a todos no saco das "carpideiras de Bin Laden" por aqueles contestarem apenas e só os métodos de Obama.

 

Porque alguém deu troco, não devia, e ousou pôr em causa a "honesti-dade intelectual" do Pedro, o Correia, ei-lo a vir de novo a terreiro com uma patética prosa, de que transcrevo o primeiro parágrafo, quem quiser que vá lá ler o resto:

 

"Vocês são mais papistas que o Papa, Rafael. Nem a Al Qaida, que eu saiba, pôs em causa a versão norte-americana (caucionada por Barack Obama, Nobel da Paz) de que a figura nº 1 do terrorismo internacional foi abatida numa troca de tiros: era matar ou morrer."

 
Vá-se lá também saber porquê o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, veio agora tornar público que Bin Laden não estava sequer armado...

Terrível falta de comunicação entre Pedro Correia e as suas fontes na dita Casa Branca...

 

Também ninguém me tira da cabeça que num eventual julgamento Bin Laden poderia ousar dizer algo, quem sabe até agora desconhecido, quando era figura grata de Washington e articulava directamente com a CIA...

 

publicado por salvoconduto às 13:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds