Sexta-feira, 30 de Março de 2012

Estilhaços

 

 

A vida no interior do PS não está fácil, longe dos tempos da vacas gordas, trocam-se mosquitos por cordas. Se no início do mandato de António Seguro o lema era "cada um vota com a sua consciência" agora a coisa fia mais fino e tenta-se por via da alteração dos estatutos daquele partido impor uma disciplina férrea, mas a coisa não está fácil.


Há quem peça mesmo a cabeça de Zorrinho, o líder parlamentar, mas este já ameaçou atar-se com uma corda à cadeira no parlamento, sair dali só morto. Não é nada, não é nada, mas o homem diz-se azarado e perseguido, ninguém lhe tira da cabeça de que está a ser vítima de macumba, ciciando por entre os dentes o nome do bruxo de Fafe, recusa mesmo comer frango já que ao que se diz é com uma galinha preta que aquele curandeiro lhe anda a tornar a vida no inferno.


Reclama Zorrinho que nem sequer chegou a sentar o traseiro na viatura de 245 cavalos que encomendara acabando por ser a criatura da solidariedade social a abotoar-se e a fazer um figurão com ela, agora até o lugarzinho no parlamento lhe querem retirar. "Nem morto", não se cansa de repetir, "daqui só saio com a vidinha garantida, se foi assim com outros porque não há-de ser comigo?"


Garantem as más línguas que no meio disto tudo anda também o dedo de Jorge Lacão que terá deixado cair numa reunião ao mais alto nível do partido que também ele enquanto líder parlamentar no tempo de Guterres se viu envolvido em semelhantes apuros e se demitiu, declarações que foram entendidas como um claro convite à demissão de Zorrinho. "Ah e tal não é a mesma coisa", garante Zorrinho, "Guterres fugiu, eu não". "Pois não, também não tinhas para onde fugir", ter-lhe-á respondido de imediato Lacão.


Quem está a seguir com atenção os acontecimentos é a bancada laranja que não quer ver por terra os acordos entretanto alcançados à volta de umas comezainas bem regadas entre António Seguro e Passos Coelho.


Cá por mim não me meto, são grandes, e em metendo bruxos pior ainda, acreditem, que os há, há, um deles até tem escritório montado no mesmo quarteirão em que vivo, alguma coisa eles fazem, a fila para a "consulta" por vezes é enorme e até vêm de madrugada.


Algo me diz que o melhor mesmo será Zorrinho refugiar-se em Fátima, já que passa a vida a dizer que é crente, entretanto vocês cuidem-se também, normalmente os estilhaços sobram para quem anda por perto...

publicado por salvoconduto às 02:38
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Há os que se levantam e os que se agacham...

 

 

Em dia de greve-geral no país vizinho era assim que se apresentava o jornal on-line "publico.es" que decidiu apoiar a greve e a fazer-nos pensar no papel desempenhado pelos nossos jornais quando por cá também acontecem greves, exactamente pelo mesmo motivo. Parecido não é?

publicado por salvoconduto às 00:35
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 29 de Março de 2012

Barbárie

 

 

Estavam ali apenas para matar, salvar não constava da carta de operações, por cada um que matavam o ocidente aplaudia, enchiam-se páginas de jornais saudando os sucessos da nova cruzada em território Líbio. Algures no mar um barco à deriva com 72 refugiados gritava por socorro enquanto um vaso de guerra ocidental passa tão perto que os seus tripulantes tiveram tempo de tirar fotografias, não pararam apesar dos apelos dos refugiados, nem tão pouco chamaram por socorro para aqueles desgraçados, a carta de operações era clara, era preciso matar. Cumpriram a missão, em território Líbio continuam a matar-se, anunciam-se intenções de criar vários países dentro do país que já foi Líbia antes de a NATO decidir a sua destruição. O barco com os 72 refugiados acabou por dar à costa, em território europeu, dentro 63 mortos e 9 sobreviventes. A NATO continua pujante e eficaz, igual ao que sempre foi, uma organização criada para matar.

 

A história completa no the Guardian.

publicado por salvoconduto às 04:05
link do post | comentar | favorito

Terra do nunca

 

 

Ao mesmo tempo que no Parlamento António Seguro garantia que se vai abster, uma vez mais violentamente, na votação do novo código de trabalho, na TVI Francisco Assis desdobrava-se em elogios a Miguel Macedo, o patrão das polícias que carregaram sobre manifestantes e jornalistas...

 

publicado por salvoconduto às 01:27
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Março de 2012

Momento zen no congresso do PSD

 

 

Estavam lá todos, fina flor e barões incluídos, as mentes mais esclareci-das do país como eles próprios fazem questão de realçar. Apresentada à votação uma proposta da jota foi liminarmente aprovada no meio do aplauso generalizado.


Passos Coelho que acabava de ver um brinquedo fugir-lhe das mãos reage, vai ao microfone e ameaça: "assim não brinco!"


“No problemo”, responde a fina flor, os barões, as mentes mais esclareci-das do país como eles próprios fazem questão de realçar, “vota-se outra vez e devolvemos-te o brinquedo”.


Tudo jóia quando acaba assim tão bem, até o secretário-geral daquele partido afirmava hoje na Sic que o PSD tinha dado uma lição de "democracia" ao país... Já ouvi chamar-lhe outra coisa...

publicado por salvoconduto às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 23 de Março de 2012

De pequenino se torce o pepino

 

 

Começam cedo, logo na jota, a aprender a arte do tráfico de influências, não admira que já com calo enveredem pelo mundo dos negócios escuros. Estamos a pagar 8 mil milhões das suas trafulhices porque alguém lhas ensina desde muito novos, interrogo-me mesmo qual a verdadeira função daquela "universidade de Verão" do PSD e o que por lá verdadeiramente se ensina.

 

É a revista Sábado que traz à luz do dia o modo como eles começam. Socorrendo-se de ficheiros das associações de estudantes inscrevem no partido pessoas que nunca imaginaram vir a filiar-se, validam as falsas inscrições, emitem falsos cartões e mais tarde distribuem-nos a inocentes úteis pedindo-lhes para votarem de determinada forma nas eleições internas do PSD. Um dos bafejados por estes "votos" terá sido Passos Coelho nas directas de 2010, não é em vão que se controla o "aparelho".

 

A coisa é de tal maneira suja que ameaça transformar-se em caso de polícia, mas nada que se estranhe, quem não se lembra do "caso da mala" que envolveu António Preto e os 150 mil euros que o deputado alegadamente recebeu em 2002, em envelopes e malas, de dois empresários de construção civil, na campanha das eleições para a liderança da distrital do PSD de Lisboa? 

 

À medida que vão subindo no partido também vai subindo a parada, que o digam Oliveira e Costa, Arlindo Cunha, Dias Loureiro, Isaltino Morais ou Duarte Lima que têm servido de gurus àquela juventude partidária, quem sai aos seus... 

 

A notícia com vídeos pode ser lida na página da Sábado.

 

publicado por salvoconduto às 00:35
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 22 de Março de 2012

Rescaldo

 

 

 

"A policeman strikes AFP photojournalist Patricia Melo during the Portuguese general strike in Lisbon March 22, 2012. Portugal faces a general strike by workers angered by austerity measures imposed as a condition of a 78-billion euro bailout last year but doubts remain as to whether Thursday's stoppage will receive widespread support." REUTERS

 

Uma das razões por que nunca sou solidário com reivindicações de grupos policiais e não me venham com a treta de que são apenas alguns...

Na excepção ao “modus operandi” é que estarão apenas alguns, muito poucos diga-se.

publicado por salvoconduto às 20:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

De que estamos à espera? Razões não faltam

 

 

publicado por salvoconduto às 00:48
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Março de 2012

Sim abelha

 

 

Nogueira Leite, que à cautela vai pedir para receber na CGD o salário dos últimos três anos usando do regime de excepção que Passos lhe conce-deu, acaba de afirmar publicamente, à guisa de justificação, que "mais importante do que o salário é que a Caixa se possa afirmar como uma entidade empresarial, gerida segundo pressupostos de natureza técnica e de negócio, menos como uma extensão da Administração Pública e que o importante é que a CGD possa reganhar a independência que teve no passado".

 

Ora nem mais, mas o que eu gostaria mesmo, mesmo, era ver o Tó Nogueira dizer isto sem se rir, é que foi precisamente a pensar nessa "independência" que Passos Coelho para ali o nomeou.

 

publicado por salvoconduto às 02:46
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Março de 2012

Apesar de tudo o vento continua a soprar

 

 

Ainda há quem se negue a reconhecer que planeta está a mudar, ai não que não está. Desde que o vento começou a soprar na América-latina, enterrando à sua passagem as ossadas de uma velha oligarquia e levantando ao mesmo a poeira acumulada ao longo de decénios, não mais pararam de germinar novas esperanças. Para que não restem dúvidas é o presidente do Equador que se encarrega de informar que as velas da embarcação que dirige continuam enfunadas.

 

Nos dias 14 e 15 de Abril realiza-se mais uma cimeira latino-americana desde logo manchada pela decisão dos Estados Unidos de boicotar a presença de Cuba.

 

Como dizia, o vento vai soprando, mas mudou de direcção, há vozes incómodas que se levantam, o quintal do Tio Sam está diferente. Rafael Correa anuncia que não estará presente nessa cimeira, acrescenta mesmo que não está disposto a voltar a participar em cimeiras que não discutam os problemas da América-Latina, deixa claro que o boicote dos Estados-Unidos à participação de Cuba é o motivo primeiro porque não participará nesta cimeira.

 

"Na nossa região há problemas muito importantes, mas esses nunca se discutem nessas cimeiras, como é o caso do embargo que os Estados-Unidos impõem a Cuba, nunca se debate. Nem tão pouco a ocupação britânica das Ilhas Malvinas", assim se expressou o presidente do Equador, para logo de seguida acrescentar "organiza-se uma cimeira para os países latino-americanos e exclui-se um país latino-americano, Cuba não pode participar por boicote dos EUA".

 

"Vou ser franco, gosto dos Estados Unidos porque ali estudei, mas não posso aceitar que um país exclua outro. Parece-me terrível e não quero ferir os meus amigos norte-americanos se digo que os povos latino-americanos já não estão de acordo que se organize este tipo de cimeiras. Nestas reuniões faz-se todo o tipo de declarações sobre a democracia, mas nunca se fala da verdadeira democracia."

 

É o que eu digo o vento mudou, se não é vento é pelo menos brisa...

 

publicado por salvoconduto às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds