Domingo, 23 de Outubro de 2011

Para o espantalho da administração interna

 

 

Por esta altura já meio mundo conhece a situação de oportunismo em que se movimenta Miguel Macedo ministro da Administração Interna. Tendo residência em Lisboa e Braga e aproveitando-se de uma imprecisão da lei mama mensalmente ao erário público 1400 euros como "subsídio de alojamento".

 

A escandaleira ganhou eco e contornos de que o ministro não estava à espera, a usura foi contada e recontada em centenas de milhares de emails, no Facebook, blogs, jornais, etc.


Incapaz de manter a situação face à repulsa que provocou vem agora a público afirmar que amanhã vai abdicar do subsídio de alojamento, mas deixa claro que o faz por "vontade própria". Felizes daqueles que podem decidir essas coisas senhor ministro, já eu não posso dizer o mesmo. Sem vontade nenhuma da minha parte vão-me ao bolso, sacam-me os subsídios, roubam-me impunemente.


Mas o ministro tem lata, então não se lembra o limpinho de vir dizer que a situação do subsídio não é nova e que está previsto na lei há muitos anos? Pois está senhor ministro, mas é para quem não tem residência em Lisboa, ora vossa senhoria aproveita-se do facto de ter outra em Braga. Deixe que lhe diga que esse aproveitamento ainda é maior quando o senhor e os seu pares roubam descaradamente os trabalhadores deste país.


Diz que vai "abdicar de um direito" que tem? Valha-me Nossa Senhora d'Agrela. Direito tenho eu à minha pensão de reforma, descontei do meu bolso durante 44 anos, agora é o que se vê e vem vossa senhoria falar-me em direito? Qual direito qual torto? Não quer que o mande a lado nenhum?


Senhor ministro, o 13º mês e o subsídio de férias estão há mais tempo na lei e até lhe lembro que já em 1980 o seu guru, Sá Carneiro, fazia publicar um decreto-lei que determina que os subsídios de Natal e de férias são inalienáveis e impenhoráveis.


Vamos ver o que fazem os outros membros do governo que estão na mesma situação. Haja vergonha.

publicado por salvoconduto às 23:34
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De maria a 23 de Outubro de 2011 às 23:36
Isto é um nojo. O homem é um nojo.
Se tivesse vergonha na cara demitia-se!

abreijo.
De cbo a 23 de Outubro de 2011 às 23:57
Foi voluntário à força
De saltos altos vermelhos a 25 de Outubro de 2011 às 12:16
Uma vergonha sem dúvida! E revoltante!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds