Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

Piada ou piadola?

 

 

Convenço-me cada vez mais que os membros deste governo se devem encontrar ao fim do dia para um copo e se fartam de rir à nossa custa, se o fazem em público muito mais o farão em privado, sendo certo que que há uns com mais piada do que outros.


Quem leva jeito para a risota e para a desbunda é a secretária de Estado do Tesouro e das Finanças, Maria Luís Casanova Morgado Dias de Albuquerque, nome de realeza pela certa... A última piada que contou foi a do seu próprio despacho já publicado no Diário do Governo que segue aqui embaixo:

 

 

Despacho n.º 15451/2011


1 — Nos termos do disposto nos n.ºs 3 e 4 do artigo 2.º do Decreto-Lei n.º 262/88, de 23 de Julho, nomeio o licenciado António Hilário Tinoco de Almeida e Costa Vaz, técnico especialista da Rede Ferroviária Nacional — REFER, E. P. E., colaborador para realizar estudos no âmbito da sua especialidade.

 

2 — O nomeado é equiparado para efeitos de vencimento ao cargo de adjunto com despesas de representação, acrescido de 45 % deste montante, com percepção dos subsídios de férias, de Natal e de refeição.

 

3 — A nomeação produz efeitos a 1 de Novembro de 2011 e manter-se -á em vigor até à cessação das minhas actuais funções, podendo ser revogado a todo o tempo.

2 de Novembro de 2011. — A Secretária de Estado do Tesouro e das Finanças, Maria Luís Casanova Morgado Dias de Albuquerque.

 

 

Riram-se que nem desalmados quando ela repetiu que resolveu fazer acrescer ao vencimento de adjunto mais um bónus de 45%, alguns até choraram quando rematou com a "percepção dos subsídios de férias e de Natal".

 

Vá lá não sejam assim, não tem graça? Quem também parece que não lhe acha graça nenhuma são os serviços da Assembleia da República que a dão como nascida em 2009, como que a desculpá-la por ser uma "catraia".

 

Se for essa a razão estou de acordo, é uma catraia, pelo menos a fazer fé na Wikipédia que considera que catraia pode ser:


Catraia - ave marinha (Fregata magnificens), também chamada de alcatraz, tesourão e fragata.
Catraia - casinhota ou construção pequena, de pouco valor.
Catraia - menina, garota, moçoila.
Catraia - prostituta.
Catraia - embarcação de pouco calado, movida a vela, remo ou do tipo canoa motorizada, que se emprega no transporte de passageiros, e que é geralmente manobrada por uma só pessoa, o catraieiro.
Catraia de Esposende - embarcação tradicional de Esposende.

 

É, não é?

publicado por salvoconduto às 00:36
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De fernando samuel a 17 de Novembro de 2011 às 16:54
É.


Um abraço.
De lino a 17 de Novembro de 2011 às 19:00
Deve ir montar uns carris para as vagonetas que transportam a merda do ministério e secretarias até à montureira mais próxima.
Abraço
De cbo a 17 de Novembro de 2011 às 19:01
Com dois aninhos apenas e já brinca aos despachos!
Grande catraia, na versão que mais aprouver
De maria a 17 de Novembro de 2011 às 23:35
Pia.dela!!!

Abreijo.
De Alberto a 18 de Novembro de 2011 às 20:49
Manuel Pedro da Cruz Baganha foi Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais entre 1999 e 2000 no Governo de António Guterres. (Coisa rápida.)
Secretário de Estado do Tesouro e Finanças entre 2000 e 2001 no Governo de António Guterres. (Coisa rápida)
Secretário de Estado Adjunto e do Orçamento em 2005 no Governo de José Sócrates. (Coisa rapidíssima)
Desde 2006 é o presidente do conselho directivo do Instituto de Gestão dos Fundos de Capitalização da Segurança Social. (Dá sempre jeito passar pelo Governo, seja ele qual for.)

Em 27 de Fevereiro de 2001 nomeou a licenciada em economia Maria Luisa Casanova Morgado Dias de Albuquerque para prestar serviços de consulta e apoio especializado, com condições equiparadas às de adjunto, no Gabinete do Secretário de Estado do Tesouro e Finanças

Em 09 de Abril de 2001 autoriza a licenciada Maria Luís Casanova Morgado Dias de Albuquerque, destacada no Gabinete do Secretário de Estado do Tesouro e das Finanças a desempenhar actividades docentes no ensino superior e actividades compreendidas na respectiva especialidade profissional.
No mesmo ano de 2001, Maria Luis Casanova Morgado Dias de Albuquerque, entra para a Refer com uma mãozinha de Manuel Pedro da Cruz Baganha, para directora do Departamento de Gestão Financeira. (Tudo isto foi muito rápido…)
Entre 2007 e 2011 é Coordenadora do Núcleo de Emissões e Mercados do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP).

Em 2009 Manuel Pedro da Cruz Baganha casa com uma senhora que se passará a chamar Maria Luísa Pinto Pacheco da Cruz Baganha. (Com separação de bens, claro!)
Em Outubro de 2009, José Sócrates cria uma Secretaria de Estado da Igualdade, que parece algo cheio de boas intenções mas que servia para colocar alguns amigos.

Em 30 de Novembro de 2009, com efeitos desde 31 de Outubro de 2009, é nomeada Maria Luísa Pinto Pacheco da Cruz Baganha, como chefe de Gabinete da Secretária de Estado da Igualdade, a recente esposa de Manuel da Cruz Baganha, publicamente sempre com a omissão do nome do marido, lugar onde, parece, “não a deixavam tomar decisões”. (Estranho, não?!)

Em 20 de Junho de 2011, Maria Luis Albuquerque toma posse como Secretária de Estado do Tesouro e das Finanças .

Em 28 de Junho de 2011 é nomeada Maria Luisa Pacheco (da Cruz Baganha) “sugerida” por Manuel Baganha a Maria Luis Albuquerque, omitindo sempre que possível o nome do marido. (Estranho, não?!)
Resultado: Maria Luisa Pacheco (da Cruz Baganha), senhora que sofre de uma compulsão egocêntrica exacerbada e galopante, chega com a sua corte de amigos que vieram do governo de José Sócrates e tomou conta da Secretaria de Estado do Tesouro, impondo-se à Secretária de Estado, pondo e dispondo como lhe convém, com o olhar impassível da Secretária de Estado. Trouxe o próprio motorista – um jovem, claro - como se não houvessem motoristas no Ministério das Finanças, mas parece que nenhum tinha bom aspecto. Mesmo assim mais tarde ainda dispensou outro pela simples razão que o homem tinha ido comer uma sandes e não lhe conseguiu abrir a porta atempadamente.
Entretanto, e devido à total incompetência de gerir um Gabinete, os seus pares de outros gabinetes estão a ficar à beira de ataque de nervos, embora, como é óbvio, ninguém se atreva a pôr a boca no trombone. Um pequeno exemplo foi a triste figura que Victor Gaspar fez no Parlamento com as Grandes Opções do Plano… Os outros desastres são demasiado concretos e podem identificar as “fugas” pelo que me limito a ficar por aqui. O pior é que tudo isto afecta os Portugueses: Pagam-se juros indevidamente por não se fazerem os despachos a tempo, e depois aumentam impostos e cortam em subsídios.
Há favores que se pagam bem caros, e o tráfico de favores é transversal, como se nota.
De carlota meireles a 20 de Setembro de 2012 às 16:29
Caro Alberto, já resolveram o problema. Esta alpinista social, esta tonta com uma ervilha na cabeça, na próxima 2ª feira, dia 24 de Setembro, vai ser nomeada como Administradora da Imprensa Nacional Casa da Moeda. Alias, a tutela correu com toda a Adminstração da INCM. Uma Adminstração que reergueu, organizou, restruturou e deixa agora um legado de lucro para pelo menos um ano e meio de gestão sem preocupações. O Relatório da Auditoria do Tribunal de Contas, que está disponível online, elogiou esta gestão, chegando a ser parabenizada pelo próprio Tesouro. Nunca na Casa da Moeda houve a tradição de substituir a Administração na integra, fosse com que governo fosse, até hoje, altura em que este governo resolveu correr com todos, para lá colocarem os seus “amigos”. A explicação: Mudança de ciclo.
De Anónimo a 2 de Julho de 2013 às 16:24
Verdade....conheci a Sra. totalmente incompetente para o trabalho. Só faz política. Nem consegue escrever um fax!!!
De Anónimo a 29 de Novembro de 2011 às 11:59
Claro que os milagres são possíveis: levar Maria Luisa Pacheco BAGANHA e o seu staff do Governo de Sócrates para chefiar a Secretaria de Estado do Tesouro, só pode ser milagre. Pelo menos é milagre se a Maria Luís Albuquerque sobreviver a ela. :-D

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds