Terça-feira, 2 de Outubro de 2012

Não estamos sós

 


Ah pois não, as escolas de "jornalismo" há muito se internacionalizaram, a globalização em todo o seu esplendor. Queixam-se vocês de algumas peças de alguns doutos jornalistas da nossa praça, pois leiam o artigo publicado no jornal "Folha de S. Paulo", da autoria de Vivian Whiteman, que aqui vos deixo, e sabereis por que o Bandarra está sempre a gritar que "isto está tudo ligado":

 

Roupa com estampa ajuda no discurso estético de Dilma em Nova York

 

A roupa que a presidente Dilma usou na ONU pode ser vista de duas formas: pelo viés fashionista de vitrine ou pelo de discurso estético.

Em primeiro lugar, o modelo escolhido -uma blusa com estampa em tons de vermelho, preto e branco sobre um vestido preto. Mais uma vez, o look foi assinado pela gaúcha Luisa Stadtlander, estilista e amiga de Dilma.

Pois bem. Segundo as regras de certo e errado, do tipo que está na maioria dos blogs e programas de estilo da TV, Dilma não deveria usar uma estampa tão grande com vermelho. As duas coisas separadas já têm o efeito visual de ampliar a silhueta. Juntas, engordam ainda mais.

Por outro lado, basta ver as fotos da presidente na tribuna da ONU para perceber que a roupa cumpriu sua função. Sim, porque ela não está em local tão importante com o objetivo de parecer magra.

Isso é trabalho de outras poderosas brasileiras, coisa para tops como Gisele Bündchen e Izabel Goulart.

Falando de guerra, da Palestina e de outras questões complexas, que têm causado banhos de sangue nas últimas décadas, o vermelho foi uma escolha ousada. O que de perto era uma estampa abstrata, algo entre plantas e florais, de certa perspectiva, ou seja, do ponto de vista da plateia, adquiriu um ar de camuflado estilizado. Era como se Dilma fosse um lembrete visual das vítimas dos conflitos enquanto pedia novas medidas e estratégias de ação.

A imagem e as ideias transmitidas via palavra estavam em harmonia. Em termos de discurso estético, ponto para as gaúchas.



Profundo, valeu a pena...

publicado por salvoconduto às 01:53
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De lino a 2 de Outubro de 2012 às 18:25
Eu diria mesmo mais: profundíssimo!
Abraço
De Samuel a 4 de Outubro de 2012 às 22:17
Não sei o que a articulista fuma... mas é forte como o caraças!!! :-) :-)

Abraço.

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds