9 comentários:
De Ana Camarra a 26 de Setembro de 2008 às 00:18
Está a ver para que lado param as modas...
Para ver se por acaso descobrem armas biológicas, taticas, nucleares, nalgum país que os esteja a importunar, principalmente se tiver petroleo...
Isso dá sempre jeito.

beijos
De Suzette a 26 de Setembro de 2008 às 00:21
É interessante reparar que este países têm algo em comum, a mesma vontade de os derrubarem pelas oligarquias instaladas e sempre com a ajuda do amigo do "Norte".
De maria a 26 de Setembro de 2008 às 01:30
Vou resumir o mais possível para ver se consigo comentar:

Os que têm algo a perder tentarão sempre não perder os seus privilégios.
Só quem trabalha e nada tem nada perde...

Beijo

(Vamos ver se entra, desta vez)
De Pedro Oliveira a 26 de Setembro de 2008 às 08:50
Já era tempo daquela região se unir e desenvolver.As populaçãoes não param de sofrer.
De patti a 26 de Setembro de 2008 às 09:17
É sempre que inevitável que os privilegiados se mexam para não perderem o seu estatuto. E é por aí que tudo se torna mais difícil para os Lugos desta vida.
De Justine a 26 de Setembro de 2008 às 14:54
Acendem-se luzes de esperança na America Latina. E há quem queira apagá-las, a qualquer preço...como já fizeram tantas vezes e noutros locais
De Lúcia a 26 de Setembro de 2008 às 16:06
Vou-te dizer: muito do que tenho sabido sobre o que se vem passando na América Latina, é aqui que aprendo e me actualizo. Muitas vezes, saio daqui e procuro mais informações. Além dos excelentes textos que escreves, tens um blog didáctico! Obrigado, por isso.
Bom fim de semana
De Caim a 27 de Setembro de 2008 às 06:48
O Brasil também se encaixa nessa categoria amigo. O PIG (nomenclatura inglesa para porco que é utilizada aqui para determinar a imprensa mafiosa) é tentado a levantar inúmeras mentiras e imolações ao presidente Lula. E olha que o Lula não é radical. O que acontece na América Latina é que a elite branca - aquela que descende dos colonizadores espanhóis e portugueses - acha que pode tudo contra todos. Além de terem explorado por séculos índios e negros, continuam exercitando a doutrina do mando e desmando. E aí de quem pisa nos sapatos deles!
De Cris Caetano a 3 de Outubro de 2008 às 23:45
Primeiro permita-me dizer, que vivendo aqui no Brasil eu faço parte da elite branca, e fazer o quê, não é mesmo? Gostaria que na América Latina houvesse menos corrupção e mais democracia (aquela que consta na definição dos dicionários).
Acho que ainda por muitos anos, a América Latina - e o Brasil não se encaixa devido a seu contexto sócio-político ser diferente dos demais países -, infelizmente parecerá um barril de pólvora prestes a explodir. Por enquanto, o rastilho parece que acende, mas se apaga. E que continue assim.

Abreijos

Comentar post