9 comentários:
De Pata Negra a 27 de Setembro de 2008 às 00:06
Um abraço com os olhos na África esquecida! Por lá não se sentem a crise financeira e outras coisas da ordem do dia mas também há dias e pessoas e ditadores e capitalistas e fome fome fome fome medo medo medo...
Um barço com o coração em África
De Suzette a 27 de Setembro de 2008 às 00:28
Se fosse uma história cor de rosa já tinha encontrado a filha e o marido...
De Viana a 27 de Setembro de 2008 às 01:15
São histórias como estas que nos fazem aquecer a alma.
De Ana Camarra a 27 de Setembro de 2008 às 02:43
Uma historia tão fantástica como arrepiante.
A capacidade de resistência e de esperança do ser humano é impressionante.
Grande galeria de seres humanos que aqui trazes.

Beijos
De maria a 27 de Setembro de 2008 às 03:25
Uma estória de resistência e de vida.
Muito bela, mas arrepiante....

Abreijo
De Pedro Oliveira a 27 de Setembro de 2008 às 18:17
perante este relato alguém de nós tem coragem de dizer que tem problemas?
que consiga levar para perto de si a filha de dez anos.Não consigo pensar estar sem os meus filhos.
De Lúcia a 28 de Setembro de 2008 às 02:35
Dizer o quê?! O quê?! Tanto sofrimento, tanta luta.
Triste demais.
Abraço
De Bluevelvet a 28 de Setembro de 2008 às 03:35
Aterrador e comovente.
Há gente fantástica.
Obrigada por dares a conhecer estas histórias.
Beijinhos e bom domingo
De Justine a 28 de Setembro de 2008 às 12:16
A força desta mulher é um exemplo. A raiva contra a ignomínia, uma força que nos empurra para a frente.

Comentar post