Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Na Colômbia enterram-se os mortos

 

 

Era minha intenção vir aqui hoje falar sobre mais um dos escândalos protagonizados no nosso cantinho que é Portugal. É óbvio que já sabem que me estou a referir a mais uma promoção de Armando Vara. Estaria em condições privilegiadas para o fazer, de tal modo conheço a vida interna daquele banco. Por certo estaria agora aqui a manifestar o meu escândalo pelo facto de se premiar alguém que bate com a porta e vai trabalhar para a concorrência ou pelo facto de Faria de Oliveira estar a lamber a mão de quem o nomeou para presidente da Caixa, mas passam-se coisas no mundo bem mais importantes e a que dedico especial atenção, como é o caso da América Latina, de tal maneira que não poderia deixar de dar conta do que se passa na Colômbia e de ali finalmente estarem a enterrar os seus mortos.

 

Cinco famílias de Barrancabermeja, porto petroleiro sobre o rio Magdalenano, no centro da Colômbia, poderão enterrar finalmente os familiares assassinados pelos paramilitares em Maio de 1998.

São os primeiros cinco, dos 140 cadáveres, que a Procuradoria entregará neste início de ano, em distintos pontos do país, vítimas destes grupos de extrema-direita que semearam o terror durante duas décadas. A primeira cerimónia de entrega foi este este fim de semana, numa povoação perto de Bogotá; os restos são de três indígenas.

A Procuradoria da Colômbia tenta encontrar e identificar os 30.000 desaparecidos que se crê que haja na Colômbia.  Já se encontraram mais de 1.500 cadáveres em valas comuns, dos quais se conseguiram identificar apenas 450.

Na matança de Barrancabermeja morreram 25 pessoas. De forma brutal os paramilitares entraram neste porto, influenciado durante anos pela guerrilha. Entraram pelas barracas dentro e levaram as vítimas em camiões, a maioria jovens, que foram os primeiros de uma interminável lista de crimes. Dezenas de famílias daquela povoação continuam à espera de um corpo para encerrar a sua dor.

Neste momento há 400 corpos que serão submetidos a provas de ADN, mas há outros 800 de que nada se sabe. Para aclarar a história do horror que escondem, a procuradoria está a visitar as regiões mais golpeadas pela violência, contacta com os afectados e exibe objectos pessoais encontrados nas valas. Desta forma já conseguiram identificar diversos corpos.

Muitas das valas comuns foram encontradas graças às confissões de para-militares, que com o seu testemunho procuram beneficiar de reduções de penas, a condenação máxima é de oito anos. Mas enquanto muitos dão a localização precisa das valas alguns dos seus chefes trasladam os corpos para destruir as provas dos seus crimes.

Alguns paramilitares confessaram, sem assomo de vergonha, que mataram milhares de pessoas. Estas confissões livres destaparam uma verdadeira história de horror. Tanta quantidade de actos violentos e uma sociedade cúmplice; ninguém reagiu, não houve uma resposta oportuna para enfrentar a chacina.

Os paramilitares, com a desculpa de defender-se da guerrilha, converteram-se numa verdadeira máquina de morte: assassinaram milhares de camponeses e líderes sociais e sindicais, deslocaram-nos e apropriaram-se das melhores terras do país. Muitas quintas usadas para assassinar e fazer desaparecer todo aquele que consideravam próximo ao comunismo, foram convertidas em cemitérios clandestinos. Há cadáveres que jamais serão encontrados porque foram lançados aos rios, para ocultar os rastos.

Alguns dos grandes chefes desta macabra organização estão hoje nos Estados Unidos "supostamente acusados" de narcotráfico, outros continuam a encabeçar grupos de paramilitares com a conivência de Uríbe que vai ser hoje condecorado por Bush com a medalha presidencial da liberdade...

publicado por salvoconduto às 00:01
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De toulixado a 13 de Janeiro de 2009 às 00:44
Até na atribuição de medalhas Bush é igual a si próprio. Se eu tivesse que lhe atribuir uma medalha, punha-lhe a m**** ao peito.
De Suzette a 13 de Janeiro de 2009 às 00:48
A Colômbia ainda vai ter que seguir este trilho por uns anos, pelo menos enquanto Uríbe lá estiver. Entretanto vão criando tribunais internacionais de que alguns se vão safando. Esses tribunais são só para os "outros".
De Carlão a 13 de Janeiro de 2009 às 01:09
1º. - Depois de se atribuirem reformas chorudas a si próprios agora promovem-se. A promoção de Armando Vara tem além do mais contornos de ilegalidade, porque à data da promoção mesmo que retroagida não estava a desempenhar as funções de director, mas sim de administrador e esses não têm carreira por níveis.

2º. - A maioria dos paíse da América Latina dormem sobre um manto de cadáveres. Talvez um dia estes se levantem e lhes peçam contas.
De Bluevelvet a 13 de Janeiro de 2009 às 01:11
É mais uma parte do Mundo onde ainda passará muita à gua debaixo das pontes até que tudo se descubra, tudo se puna e a Paz e a democracia se instalem
Lamentavelmente.
Abreijinhos
De Ana Camarra a 13 de Janeiro de 2009 às 01:15
Olha estou chocada, não pela novidade, sim pela redundância.
Afinal qual a diferença entre esses gajos?
Refiro-me ao Vara, ao Uribe e ao Bush, tudo filhos da mesma mãe.
Não é?

beijos
De kadafi a 13 de Janeiro de 2009 às 01:51

Uribe é um peão de Bush e do imperialismo! um assassino do seu próprio povo !!

Em contra mão e felizmente, temos a comemorar o facto da Bolívia ser o 3º país da América Latina a festejar o fim do analfabetismo do seu povo, os outros são a Venezuela e Cuba !

Enfim e ainda oiço pessoas a dizer que não defendem nem uns nem outros, ai, ai.....
De Pedro Oliveira a 13 de Janeiro de 2009 às 09:00
Uma nojeira pegada, e assim vai o mundo.
De Caim a 13 de Janeiro de 2009 às 12:10
Olá Salvoconduto, tudo bem? Aqui é o Caim do Livreação. Passei aqui para avisar que tem um prêmio para o Salvo-Conduto lá no Livre (http://livreacao.blogspot.com/2009/01/o-primeiro-premio-do-livre.html). Foi uma maneira singela que encontrei de reconher o seu trabalho. Como o próprio nome do Prêmio diz "6 coisas, 6 links", você poderá indicar outros seis blogues que merecem o prêmio por meio de postagem análoga à minha. Não se esqueça também de mencionar seis particularidades do seu perfil. Grande Abraço!
De maria a 13 de Janeiro de 2009 às 15:04
Há por aí uma mãe que teve muitos filhos de vários pais. Estes são todos irmãos. Mas há outros a juntar...
Que nojo...

Abreijos
De justine a 13 de Janeiro de 2009 às 17:10
Até quando os assassinos oficiais vão continuar a passear pelo mundo, impunemente? Para quando a justiça?

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds