Sexta-feira, 6 de Março de 2009

A mesma estratégia de Pinochet

O ditador argentino Emílio Massera poderá ser finalmente julgado em Itália, apesar de utilizar a mesma estratégia de Augusto Pinochet.

Um tribunal de Roma pretende julgá-lo pelo desaparecimento de três cidadãos italianos durante a ditadura argentina. Só que residindo na Argentina os seus advogados argumentam que está velho, com 83 anos e que não pode viajar para Itália.

Quem não parece estar pelos ajustes é o juiz italiano Marco Mancinetti, que pediu uma perícia médica e depois de a mesma certificar que o ditador está em plenas faculdades para enfrentar o processo agendou o julgamento para o dia 16 de Março mesmo que à revelia.

A perícia médica consta de um relatório de 28 páginas elaborado pelo perito médico italiano Piero Rocchini, que visitou Massera na sua casa e que certificou que o ex-chefe da Armada  argentina "deve ser considerada uma pessoa com plenas faculdades para ser julgado, apesar das suas tentativas de manipulação, com exagerados sintomas psíquicos fictícios".

Os advogados que representam Massera pediram então a Mancinetti mais tempo para comunicar a decisão ao ex-militar e preparar a documentação, mas o magistrado rejeitou a proposta ao considerar que "tinham tido três anos para preparar a defesa".

Já o advogado que representa os parentes das vítimas, Marcello Gentili, expressou a sua "total satisfação com a decisão do juiz de abrir uma discussão para processar uma pessoa que, na Argentina, ainda não foi mandada a julgamento".

Entre 1976 e 1981 Massera formou parte, juntamente com Jorge Rafael Videla e Orlando Ramón Agosti, da junta militar que depôs a presidenta Estela Peron e governou de facto a Argentina durante o auto denominado "Processo de Reorganização Nacional" e foi um dos principais promotores da "guerra suja".
Massera promoveu o silenciamento da difusão de "ideias opostas à civilização ocidental e cristã" de que resultou o desaparecimento de 30.000 pessoas, incluindo um importante número de sacerdotes e freiras terceiro-mundistas, pese embora a relação de Massera com a Igreja Católica que sempre foi excelente.

Nem que seja por um dia, se há alguém que merece apodrecer na prisão será certamente gente como o ditador argentino Emilio Massera.

publicado por salvoconduto às 19:48
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De Si a 6 de Março de 2009 às 22:40
Tal como em tantos outros casos, quem tem o poder nas mãos ou a correspondente capacidade financeira, dificilmente será responsabilizado pelos seus actos....
(ainda bem que tal coisa nunca seria possível no nosso país.................)
De Samuel a 6 de Março de 2009 às 23:24
Cobardes até ao fim!
De Carlos Barbosa de Oliveira a 7 de Março de 2009 às 00:55
Vamos a ver se Berlusconni não faz uma das suas...
De maria a 7 de Março de 2009 às 05:18
Há outros que o poderiam acompanhar...
:)))

Abreijos
De mdsol a 7 de Março de 2009 às 14:15
Uma das coisas que mais gosto no seu blog é que não se cansa de tratar temas que mais ninguém refere! Isso num tempo de popularidades baratas é de louvar e muito! E mais, é de lhe agradecer! Acho que já o fiz, mas quero que saiba que não é um blá blá blá formal, que seria evidentemente escusadíssimo!
Obrigada

:)))
De violeta a 8 de Março de 2009 às 01:45
e assim vão ficando impunes. Será que há jsutiça divina? tenho que acreditar que sim, porque ados homens é tão corrupta como os próprios réus.
bom fim de semana.
bjs
De justine a 8 de Março de 2009 às 19:37
Pena que atitudes como a deste magistrado continuem a ser gotas de água neste oceano de iniquidade impune que é o mundo onde vivemos!
De Ana Camarra a 9 de Março de 2009 às 00:54
Esperemos que sim, já vai sendo tempo de ver alguns pagarem por tanta desumanidade.

Beijos grandes
De Lúcia a 9 de Março de 2009 às 12:24
Merece sim. E isso só era muito bem para ele... mas enfim...

Beijos
De Cris Caetano a 9 de Março de 2009 às 23:26
Eu tenho uma idéia: está velho e doente? Eutanásia nele! Não gerará custos aos contribuintes indo preso e a eutanásia ainda lhe sairá como um bônus.

Abreijos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Cá se fazem cá se pagam

. Eles aí estão

. Está o caldo entornado...

. O gesto é tudo

. E a Ucrânia ali tão perto...

. De capa e batina

. Subscrevo

. Gorduras do estado

. Curtas

. Podias andar de Clio? Pod...

.arquivos

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.subscrever feeds