Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

17
Fev10

Meio cheio ou meio vazio?

salvoconduto

 

 

Quinze mil militares das forças aliadas deslocaram-se para a região de Helmand, no Afeganistão, dispararam uns tiros para o ar e declararam-se vencedores. Vá-se lá saber porquê. É que nem sinal dos insurgentes. Calejados por outras guerras deixaram os militares da NATO a falar sozinhos e a esta hora devem estar a reagrupar-se e a rondar outras paragens, como já fizeram no passado. Pelos vistos de pouco valeram os ensinamentos do Vietname quanto à guerra de guerrilha.

Entretanto para sossegar o mundo o general Stanley McChrystal afirma que está a ser tudo feito de acordo com as instruções do narco senhor da guerra Hamid Karzay. Se atendermos que Hamid Karzay a única coisa que persegue é a manutenção dos militares norte-americanos indefinida-mente no Afeganistão, para protegerem o seu governo corrupto, percebe-se que isto é já um caso de sucesso.

Outro caso de sucesso tem que ver com as baixas entre civis. Nesta operação destacou-se o ataque com um míssil que atingiu uma habitação provocando doze mortos, alguns dos quais eram crianças. Depressa o Chefe do Estado-Maior britânico, o general Jock Stirrupun o considerou como um revés muito sério para a "Operação Moshtarak" que está a ser levada a cabo pelas tropas aliadas.

Também o chefe da Força Internacional de Assistência para a Segurança (ISAF), o general norte-americano Stanley McChrystal, pediu desculpas por aquilo que considerou um "sucesso desafortunado".

O que por certo ninguém estava à espera era da tirada do general britânico Nick Carter, comandante das forças da aliança, ao considerar que o projéctil tinha acertado no objectivo, como pretendido.

Na sequência desta declaração o porta-voz do Ministério da Defesa britânico, o general Gordon Messenger, vem agora dizer que "seria apropriado assumir" que entre as 12 vítimas desse bombardeamento também haveria talibãs...

É aqui que eu nunca sei se o copo está meio cheio ou meio vazio, isto é, se os fins justificam os meios ou se os meios justificam os fins, porra, já estou a ficar baralhado. Se calhar está tudo justificado, eram apenas crianças...

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D