Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

10
Dez10

Dá-me a tua password

salvoconduto

 

 

Nem a ONU foge aos braços do império. O Departamento de Estado dos EUA instruiu funcionários de 38 embaixadas e missões diplomáticas no sentido de obterem informações sobre a ONU, incluindo o seu secretário-geral, Ban Ki-moon.


A informação a recolher deveria incluir palavras-chave e outros códigos pessoais usados nas redes de comunicações dos funcionários das Nações Unidas.

 

Os diplomatas foram, inclusivamente, encorajados a ignorar por completo qualquer regra de imunidade e a fazer letra morta do respeito pela vida privada. O secretário-geral, os seus assistentes e equipas, as agências da ONU, suas embaixadas e as organizações não-governamentais ficaram assim sob a permanente espionagem dos diplomatas norte-americanos.

 

As ordens visavam informação biográfica e biométrica sobre os colegas dos outros países que são membros permanentes do Conselho de Segurança e sobre dirigentes de uma série de outros Estados.


Entretanto depois da campanha de silenciamento lançada pelos EUA contra a Wikileaks esta ganha apoios, alguns de peso, como é o último, o ainda presidente do Brasil Lula da Silva que afirma que a Wikileaks está a colocar a nu uma diplomacia que parecia inatingível.

 

"Estou apenas alertando - afirmou - O que acho estranho é que o rapaz que estava desembaraçando a diplomacia americana...foi preso e não estou vendo nenhum protesto contra a liberdade de expressão.

 

Eu não sei se os meus embaixadores passam esses telegramas. Mas, olha, a Dilma tem de saber e falar para seu ministro (das Relações Exteriores). Se não tiver o que escrever, não escreva bobagem.

 

Aparece o tal do WikiLeaks, desnuda a diplomacia que parecia inatingível, a mais certa do mundo, e aí começa uma busca para prendê-lo. Eu não sei se colocaram cartazes como no tempo do faroeste de "Procura-se Vivo ou Morto". Aí prenderam o rapaz e eu não vi um voto de protesto.

Oh, Stuckinha (Ricardo Stucker, fotógrafo oficial da Presidência), pode colocar no blog do Planalto o primeiro protesto, então, contra a liberdade de expressão na internet para a gente poder protestar porque o rapaz estava colocando apenas aquilo que ele leu - defendeu Lula. - Então, ao WikiLeaks, minha solidariedade pela divulgação das coisas e meu protesto contra a liberdade de expressão".

 

Em terra tuga o silêncio é a regra de ouro, já lá vai o tempo da "asfixia democrática"...

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D