Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

12
Dez10

Tropa Fandanga

salvoconduto

 

 

 

Foi figura de proa na Cimeira da Nato de Lisboa. Naqueles dias mais uma vez trocaram abraços, juras de amor eterno. Fizeram-se fotografar ao lado de Hamid Karzai, o corrupto presidente do Afeganistão. Há quem diga que isso são trocos, desde que não se oponha à presença dos aliados e que continue a desempenhar o papel que lhe destinaram.

 

No entanto pela calada Karzai ri-se, no fundo, no fundo, também eles fazem o seu jogo, a prová-lo documentos revelados pela Wikileaks.

 

Espertalhaço o presidente do Afeganistão e militares de alta patente do seu país troçam do exército inglês, do fracasso das tropas britânicas na hora de impor a ordem na província afegã de Helmand para onde os aliados enviaram tropas a granel e se propunham num ápice derrotar os insurgentes.

 

Parece que não foi nem é bem assim e os documentos agora revelados mostram um desprezo sem contemplações pelos seus aliados britânicos.

 

Os telegramas filtrados põem também a nu a corrupção que tem lugar ao mais alto nível do governo afegão e entre outras coisas dão conta do modo como o vice-presidente daquele país foi apanhado pela polícia, no aeroporto de Dubai, com uma mala onde transportava 52 MILHÕES de dólares.

 

Enquanto o governo britânico se mostra agastado, não será caso para menos pois é precisamente naquela província que se situa a “cidade maldita” de Sangin, local onde até hoje os soldados britânicos perderam mais vidas, a embaixada norte-americana também considerava os mortos como trocos e afirmava "nós e Karzai pensamos que os britânicos não estão à altura da tarefa de garantir a segurança em Helmand".

 

Ao que consta, Karzai continua a rir-se de fininho e já procurou alternativa ao aeroporto do Dubai para fazer passar outros trocados que vai obtendo no negócio das papoilas, sob o olhar complacente das tropas aliadas que garantem, pela voz de John Kirby, oficial do Exército, que a erradicação da produção de ópio no Afeganistão só atrapalharia a prossecução dos objectivos militares dos EUA na região.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D