Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

28
Dez10

Figurinha do ano

salvoconduto

 

 

É hábito nesta altura do ano destacar-se as figuras do ano de 2010. Ainda esta noite aquele eurodeputado do CDS, quase careca e teimosa-mente a manter uns cabelinhos no cimo da testa, elegia o presidente do Brasil e o presidente da CIP, vá-se lá saber porquê. Cá para mim ainda está de ressaca do bacalhau com sal a mais ou das rabanadas com açúcar em demasia...
 

Aqui no Salvo-Conduto prefiro destacar as "figurinhas" e por isso mesmo aqui fica aquele que considero ser a "figurinha desaparecida em 2010": Richard Holbrooke, “o bulldozer", assim conhecido por durante mais de 50 anos ter ajudado a cavar a sepultura de gente inocente nos quatro cantos do planeta.


Deixou a sua pegada nos Balcãs, Vietname, Timor-Leste, Coreia do Sul, Iraque e Afeganistão.


Começou cedo aos 22 anos, em 1962 quando ingressou no Departamento de Estado norte-americano. Foi encarregado de pacificar a região do Delta de Mekong no Vietname. “Pacificação" significava expulsar os camponeses das suas terras e confiná-los em campos de concentração designados por "aldeamentos estratégicos".


Ajudou a levar a cabo operações, através dos esquadrões da morte, organizadas pela CIA de que se destaca a Operação Phoenix que de forma sistemática perseguiu os membros de organizações de libertação e massacrou famílias inteiras. Centenas de milhares de activistas foram assassinados e foi Holbrooke o encarregado de limpar o sangue.

 

A partir daí não parou e foi deixando a sua marca indelével, ao lado da invasão de Timor pela Indonésia em 1975 ou no massacre de Kwangju na Coreia do Sul em 1980, onde centenas de estudantes, operários, motoristas de táxi e simples cidadãos foram trespassados pelas balas e pelas baionetas, naquela que foi a maior revolta popular desde a guerra de 1953. Curiosamente o mesmo Ocidente que glorifica Tiananmen faz por esquecer Kwangiu...

 

Não se ficou por aqui a sua pegada, encontramo-lo mais tarde ligado à limpeza étnica dos sérvios de Krajina levada a cabo pela Croácia em 1995 de que resultaram milhares de mortos, a expulsão de 300.000 sérvios e a destruição de 70% das casas de Krajina e que constitui o maior acto de expulsão em massa desde a segunda guerra mundial.


Sempre a somar ajudou a criar esse monstro que dá pelo nome de Kosovo, dirigido por traficantes e por fim envolveu-se no Iraque e no Afeganistão até que o destino lhe travou o passo neste ano de 2010.

 

Dele só será conhecida a biografia feita pelos vencedores...

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D