Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

21
Mar11

Achas para a fogueira

salvoconduto

 

 

Lembram-se de Aznar e daquela encenação em torno da desgraça do 11 de Março de 2004 em Espanha? Esteve quase a ganhar as eleições, à pala da ETA, tramou-se.

 

José Luis Zapatero que sabe que Aznar esteve quase, quase, e agora ele a braços com eleições a curto-prazo, na eminência de terminar a sua carreira política, agarra-se à mesma tábua de salvação, espeta o dedo e clama que podem contar com ele na guerra contra os infiéis. Quem priva com ele afirma estar sempre a ouvi-lo em frente ao espelho: "deslarguem-me, deslarguem-me que eu dou cabo deles!"

Nicolas Sarkozy em risco de sofrer uma humilhação eleitoral, também ele se põe em bicos de pés e grita: "primeiro eu, primeiro eu!" e é vê-lo a dar ordens aos seus pilotos para serem os primeiros a descarregar sobre a Líbia, até dá de barato onde acertem, o que é preciso é que façam fumo, muito fumo, muita fumaça.

Barack Obama, cansado de se ver ultrapassado pelos republicanos e que já teme pela não reeleição finalmente sorri e diz para os seus botões: "caiu que nem ginjas, que se lixe a medalha!".

Sílvio Berlusconi, a braços com a justiça, farto de gritar que os juízes são todos vermelhos, garante que todo o terreno de Itália será uma imensa base aérea para os amigos da coligação.

Com eleições presidenciais marcadas para o próximo ano Vladimir Putin e Dmitri Medvedev‎, aspirantes ao cargo, estão definitivamente de candeias às avessas no que à invasão diz respeito. Medvedev‎, o presidente em exercício, ordenou a abstenção da Rússia no Conselho de Segurança da ONU, mas é agora Putin que critica duramente a resolução 1.973 do mesmo Conselho sobre Líbia, comparando o documento com um "chamamento medieval a uma cruzada" e a considera "deficiente e daninha".

 

Giro mesmo é ver também algumas ditaduras árabes  não só a  apoiar como a fazerem parte desta grande coligação.

Azar tiveram Hosni Mubarak e Ben Ali, se a coisa tivesse começado há pouco tempo atrás também eles se safavam, bastava fazerem-se sócios desta "nobre e ampla" coligação.

Até por cá Daniel Oliveira, em vésperas da Convenção Nacional do Bloco de Esquerda, dando escape livre a odiozinhos de estimação interna, vem a público apoiar a invasão, ”já vos tramei” exclama ele em frente a um retrato de Francisco Louçã. E enquanto este diz que “bombardear um país árabe significa incendiar o Mundo Árabe” Daniel Oliveira faz questão de deixar claro que "só quer ver a Convenção a arder"...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D