Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

16
Ago08

Leu o post de ontem? Agora leia este

salvoconduto

A imagem do corpo semi-nú de uma jovem prostituta africana, sujo e abandonado no solo de uma cela do quartel de polícia de Parma (norte de Itália) só nos pode causar emoção ou revolta. Desde que o diário "La Republica" publicou na terça-feira esta fotografia dramática, representantes políticos e associações de direitos humanos têm denunciado as medidas adoptadas pelo Governo de Silvio Berlusconi para aumentar a "segurança" e o "decoro" das cidades.

"Talvez tenha tido uma crise de nervos" explica o conselheiro de segurança...

Trata-se de uma mulher nigeriana, detida na noite de 9 Agosto no decurso de uma operação anti-prostituição levada a cabo na presença de jornalistas, fotógrafos e do conselheiro de segurança de Parma, Constantino Monteverdi.

O Partido Radical, na oposição, manifestou ante-ontem a sua indignação e enviou um questionário ao Ministério do Interior para ober mais dados sobre o ocorrido. Numa carta aberta, dois senadores preguntaram, entre outras coisas, "se não considera o Ministério do Interior que este tipo de intervenções devem estar em conformidade com as leis e se as pessoas sujeitas a restrições temporárias de liberdade não têm o direito a ser tratadas dignamente".

Junto com a carta seguiu a foto da jovem prostituta para o presidente do Senado, Renato Schifani, que pediu explicações ao chefe da polícia de Parma. "Quem quiser adoptar o princípio da tolerância zero deve fazê-lo sem esquecer nunca a defesa da dignidade das pessoas e a sua privacidade", e acrescentou: "A dramática foto publicada pode trasmitir uma má imagem do nosso país e do que se está a fazer para a ordem pública e respeito pelos direitos humanos".

No pacote de segurança, uma série de reformas para a ordem pública aprovadas em Julho pelo Governo de Berlusconi, estão previstos poderes especiais para os alcaides das cidades para intervir em situações de emergência contra mendigos e prostitutas. O conselheiro da Segurança de Parma excluiu no entanto que se trate de uma medida de emergência: "São controlos normais", disse Monteverdi. "No verão, com o calor, as prostitutas vestem-se com muito pouca roupa, andam pelo centro da cidade e as pessoas queixam-se, por isso as controlamos mais e concluiu assegurando que "nunca tinha sido tratada tão bem: os polícias até lhe ofereceram roupa e o pequeno-almoço"...

Na semana passada, também gerou polémica a notícia de que o alcaide de Roma, o pro-fascista Gianni Alemanno, está a estudar a possibilidade de proibir os mendigos de remover dentro dos contentores de lixo.

O semanário católico Família Cristã voltou a atacar duramente o Governo de Silvio Berlusconi pelas suas iniciativas em temas como segurança e controlo da imigração. No editorial que sairá no próximo número, expressou a esperança de que "não seja fundada a suspeita de que em Itália está a voltar a nascer o fascismo debaixo de outras capas".

Eu sei que insisto na afirmação de  que há demasiada intolerância para com os imigrantes, por certo haverá quem justifique esta acção com o facto de ser prostituta, ou imigrante ou até preta, a esses simplesmente lhes digo: tenham vergonha!

Fonte: La Republica

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D