Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

29
Abr11

Figurinhas e figurões

salvoconduto

 

 A figurinha de quem falo hoje por certo já não terá peito que chegue onde se possa pendurar mais uma medalha, uma comenda, é de Cuba está bom de ver, terra de revolucionários mas também de falsários.

 

Yoani Sanchez faz parte dos últimos, é o seu ganha-pão. A última foi a frase que lançou no Twitter: "Sabe a empresa hoteleira NH que o hotel Parque Central que opera em Havana discrimina os nacionais cubanos no acesso à Internet?"

 

A frase correu mundo reenviada a toda a velocidade, bem vistas as coisas Cuba também ficava uma vez mais na berlinda. Quem não achou piada foi a cadeia de hotéis NH que de repente ficou com uma bomba-relógio que ameaçava explodir a qualquer momento. Os danos ameaçavam ser enormes para aquela cadeia de hotéis nos quatro cantos do mundo.

 

Valeu-lhes o sangue frio e a rapidez com que actuaram na resposta à blogueira. Desmentiram a mensagem no próprio Twitter, responderam, um por um, a todos os que fizeram eco da frase, começando pela própria Yoani Sanchez e trataram de acalmar por telefone os ânimos mais exaltados daqueles que poderiam causar mais dano à imagem daquela empresa.

 

E sabem vocês como os acalmaram? Com a verdade, é que aquela empresa pura e simplesmente não opera em Cuba!

 

Já sei, já sei que a esta hora haverá para aí uma alminha a desculpá-la, coitada, enganou-se, que o meu mau feitio é que não me deixa ver as coisas. Deixem-se de tretas que para esse peditório eu já dei há muito.

 

Ainda não faz um ano que Yoani Sanchez denunciava que a "sua conta no Twitter fora bloqueada pelo governo cubano”. Então como agora a mensagem correu mundo, obrigou mesmo o vice-ministro cubano para a Informática e Comunicações, José Luis Perdomo a vir a público declarar que “Cuba não bloqueia o acesso de nenhum cidadão ao envio de mensagens para as redes sociais na Internet, como o Twitter ou Facebook e isso é uma calúnia que se levantou contra o nosso país”.

 

Foi o próprio Twitter que veio a público dar razão a Cuba, reconhecendo que aquele governo nada tinha que ver com o assunto e assumia a responsabilidade absoluta pela suspensão temporária do serviço a todos os utilizadores de Cuba.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D