Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

10
Mai11

Preconceito é doença

salvoconduto

 

 

José Albergaria é outro bloger da nossa praça que julga ser ele a iluminar o mundo. À beira dele o Sol é mera candeia. É de tal modo iluminado, que perto dele só mesmo com óculos escuros e protector solar. Escreve, melhor dizendo, vomita diariamente no "Mainstreet", diz-se unha com carne com Platão e Aristóteles.

 

Mostra a sua indignação por a revista Única do Expresso ter entrevistado um "semi-analfabeto" (sic), Jerónimo de Sousa. Não perdoa a Ricardo Costa e Pedro Mexia por terem realizado a entrevista. Aqui vai um pouco do vómito dele:

 

"....Ninguém ainda, desde que está SG do PCP, lhe descascou a pele de politico, enquanto militante da Comissão de Freguesia de Sacavém, de Coordenador da CIL (cintura industrial de Lisboa), de deputado, de quadro permanente do PCP. Alguém o fará, um dia.
 
Sabe-se que não gosta de ler. Sabe-se que é (ou foi) um mulherengo militante. Sabe-se que mantém uma família tradicional. Sabe-se que gosta de jogar às cartas, de dançar, de lançar a malha, de comer e de beber.
 
Sabe-se que mora em Piriscoxe. Gostava de acampar no parque de campismo da praia do Malhão, e propriedade do SITAVA, sindicado da aviação.
 
Mas falemos da ignorância do nosso homem.
 
A tradição no seio dos comunistas já não é o que era. Desde sempre, o leninismo defendia e defende, que a consciência de classe, no interior do proletariado, deveria vir de fora, da intelectualidade marxista.

Assim ocorreu sempre. Veja-se o caso português.
 
Bento Gonçalves, operário especializado do Alfeite, dizem, quem com ele privou, que era uma enciclopédia viva: matemáticas, física, mecânica, línguas, filosofia e, naturalmente, marxismo, tudo isto ele dominava. Conhecia-se pouco Lenine. Sabia-se, sobretudo, da revolução russa.
 
Álvaro Cunhal, licenciado em direito, conhecedor de muitas línguas, história, economia, escritor, pintor, gráfico e organizador de truz.
 
Carlos Carvalhas, economista, pouco culto, mas competente e modesto político.
 
O actual SG, operário metalúrgico.

 

Sempre viveu, em termos intelectuais, da parasitagem dos outros.

....

Imagina-se Jerónimo de Sousa a ler a Capital de Marx, ou a Origem da Família, ou o Feuerbach de Engels? Ou até o Que fazer?, o Imperialismo Estádio Supremo do Capitalismo, ou Materialismo e Empirocriticismo de Lenine?…"

 

Poderia ficar aqui a tecer considerações sobre os atributos intelectuais de João Albergaria,  do seu "tumor cerebral", mas melhor do que eu outro operário metalúrgico define o que é preconceito, o miserável preconceito de que padece o autor daquele blog. Aqui fica o vídeo.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D