Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

10
Set08

Respeito para os militares fascistas?

salvoconduto

O ministro de defesa de Itália, Ignazio La Russa, afirmou que os militares fascistas da chamada República de Saló (1943-1945), que combateram para impedir a entrada dos aliados, "merecem respeito" porque lutaram para defender a pátria.

La Russa fez estas declarações perante o chefe estado italiano, Giorgio Napolitano, durante a cerimónia para recordar o 65 aniversário da defesa de Roma das tropas de ocupação nazis.

"Seria ir contra a minha consciência se não recordasse hoje militares como os da RSI (República Social de Itália ou de Saló), que do seu ponto de vista combateram para a defesa da pátria, opondo-se aos anglo-americanos e merecendo todo o respeito", disse La Russa.

A República Social Italiana, conhecida como República de Saló, foi criada pelo ditador Benito Mussolini no norte de Itália, enquanto as forças aliadas avançavam desde o sul do país.

Por sua parte, o chefe de estado pediu aos italianos durante a cerimónia, para reforçarem a memória dos soldados, e afirmou que a verdadeira Resistência foram aqueles "que combateram com a esperança da liberdade e justiça, incluidos os 600.000 deportados nos campos de concentração alemães, que recusaram a sua adesão à República de Saló".

As declarações de La Russa avivaram a polémica que estalou a semana passada depois de o alcaide de Roma, Gianni Alemanno, igualmente membro do partido dereitista Alianza Nacional, declarar que o fascismo "não era um mal absoluto".

Manuela Palermo, membro do Partido Comunista Italiano, assegurou em resposta a estas afirmações: "Os fascistas de hoje defendem os fascistas de ontem, as guerras, as torturas e a carnificina a que esteve submetida Itália por causa das decisões de um regime ditatorial fascista".

Por sua parte, Marina Sereni, vice-presidente da maior formação na oposição, o Partido Democrata, qualificou de "inquietantes" as declarações de um membro do Governo de claro 'revisionismo histórico' que só pode "reabrir as feridas".

A esta hora estarão vocês a dizer que eu tenho uma fixação pelo governo de Berlusconi, se calhar tenho, são umas a seguir às outras, inquieta-me muito gente desta à frente de um país europeu.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D