Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

04
Jun09

Na lama

salvoconduto

Até a GM é nacionalizada! O liberalismo está de pantanas! Precisamente a GM símbolo desse mesmo liberalismo, a tal que se recusou a fabricar automóveis ligeiros, que isso é para pelintras. Preocupações ambientais? Qual quê, isso é para a América Latina!

Só que de repente, vá lá, que venha o Estado tomar conta desta trampa que nós somos mais dados a essas coisas com lucro! E aí vai Obama enterrar mais uma vez o dinheiro dos contribuintes americanos.

Mais uns muitos milhões de dólares e lá veremos de novo a GM a fabricar Cadillacs e Chevys que essa coisa de utilitários é para os europeus e japoneses...

02
Jun09

Forrobodó pornográfico

salvoconduto

Já eram conhecidos alguns dos abusos de deputados ingleses na apresentação de despesas e na utilização indevida de subsídios, mas a coisa promete continuar e já fez a primeira vítima no governo de Gordon Brown.

A imaginação daquela gente não tem limites como se constata através da Ministra do Interior britânica, Jacqui Smith, que para além de apresentar indevidamente a conta do serviço de televisão, apresentou também a despesa da compra de dois filmes pornográficos.

A senhora acaba de abandonar o cargo de ministra mas recusa demitir-se de deputada ao mesmo tempo que afirma que se vai candidatar de novo pelo seu círculo eleitoral e percebe-se porquê. Que raio, uma pessoa habitua-se a certo tipo de mordomias que depois é difícil privar-se delas.

Para quem já esteja para aí a apetecer dizer-me: "vá lá Salvo não sejas assim tão duro com a senhora, que raio, foram só 72 libras" ficam a saber que nesta coisa de gastar por conta, Jacqui Smith já tem traquejo, ela mesma declarou como primeira residência a casa da sua irmã em Londres para assim poder sacar mais dinheiro ao contribuinte. Uma habilidade que lhe permite subtrair ao erário público cerca de 130.000 euros pela casa em que vive em Redditch com o marido e os filhos.

Normalmente quando alguma destas coisas vem a lume são os filhos a arcar com as culpas, desta vez foi o marido... Com tudo o que está acontecer no reino de sua majestade não me admiraria nada que o canal parlamento lá do sítio seja, mais dia menos dia, interdito a menores.

01
Jun09

Recado

salvoconduto

Sindicatos independentes existem? E porque raio teriam de existir, acaso são algum órgão judicial? Bem pelo contrário, são associações de classe e como tal têm que tomar partido.

Dou por mim de vez em quando a ser confrontado com declarações espúrias quer de políticos mal amanhados quer de alguns dirigentes sindicais que de mal com as suas consciências sentem a necessidade de vir a público defender a "independência dos sindicatos", como se isso fosse possível ou desejável.

Insiste o governo que os sindicatos são correias de transmissão dos partidos políticos e isso percebe-se porquê, fazem questão alguns sindicatos de estar sempre com a necessidade de proclamarem a sua "independência" e isso terá que se perceber porquê.

Bem pelo contrário, entendo que os sindicatos devem estar comprometidos. Em primeiro lugar com aqueles que dizem representar, e de imediato com tudo aquilo que promova a defesa dos interesses da classe a que pertencem.

Assim sendo, terão que estar contra todo e qualquer poder que não sirva esses interesses e se isso coincide total ou parcialmente com o que um qualquer movimento ou partido defende deve ser a última coisa a preocupar os sindicatos, a menos que estejam mais preocupados com as aparências. É tempo de todos os sindicatos tomarem partido e de os respectivos associados expurgarem das respectivas direcções aqueles que se não querem comprometer.

Já agora que estou com a mão na massa, aproveito para ressaltar a medida que a Intersindical tomou, julgo que bem, ao estabelecer o limite de idade de 60 anos no seu Conselho Nacional.

Não serei tão radical, mas também concordo que as organizações dos trabalhadores não devem virar lares de terceira idade. É necessário que se tenha presente que também aí é necessário saber parar e saber renovar. Existem outros tabuleiros e outras formas de intervenção.

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D