Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

17
Jul11

72 anos depois descansam em paz

salvoconduto

 

 

Foram setenta e dois anos debaixo de uns palmos de terra numa vala comum depois de terem sido assassinados cruelmente pelos esbirros de Franco. Pensaram que perder a guerra tinha sido a pior coisa que lhes acontecera, mas ao regressar derrotados a suas casas em 03 de Abril de 1939, 16 homens Menasalbas (Toledo) foram surpreendidos por morado-res da sua aldeia que durante a guerra se haviam tornado falangistas e foram assassinados junto à parede do cemitério e enterrados num terreno próximo.

 

O Fórum para a Memória exumou os corpos em Julho do ano passado e agora entregou-os às famílias, em pequenas caixas cobertas com enormes ramos de flores com as cores da bandeira republicana.


O mais jovem dos assassinados, Benigno Sanchez Gomez, tinha apenas 14 anos. Não tinha lutado na frente, mas os falangistas quiseram que morresse naquele dia com o seu irmão, Bernardino, um mineiro que tinha saído de casa para defender a República.

 

A sua filha, Salud, tem agora 74 anos e lamenta não se lembrar. "Eu tinha apenas dois anos quando o mataram. Não cheguei a conhecer o meu pai, mas estou muito orgulhosa e muito feliz por já não se encontrar por aí enterrado e incógnito. A minha mãe teria gostado de ver isto. Sofreu muito. A pobre morreu com a boca cerrada pelo medo."


As 16 famílias percorreram o povoado carregando os pequenos caixões em que o Fórum para a Memória tinha colocado os restos mortais. Às portas do cemitério atravessaram um corredor de aplausos e bandeiras republicanas. As 16 caixas foram enterradas sob uma lápide, agora sim, com seus nomes. Perto, na parede onde tinham sido assassinados, ainda podia se podia ler o que gente daquele povoado tinha escrito quando se procedia à exumação no ano passado: "Não acabarão connosco. Viva Franco, sempre nos nossos corações ", juntamente com o símbolo da Falange.


Os antropólogos que ajudaram na exumação dão conta que os 16 esqueletos tinham buracos de bala no crânio e alguns foram torturados antes de serem mortos, como inequivocamente mostram as suas costelas e mandíbulas quebradas.

 

Não é de estranhar a recusa da nova presidente de Castilla-La Mancha, Dolores Cospedal do PP que tinha sido convidada para a cerimónia.


O presidente do Fórum para a Memória, José Maria Pedreño, leu uma "carta aos camaradas assassinados", na qual dizia: "Até há pouco tempo éreis um amontoado de ossos esquecidos debaixo de um palmo de terra ao pé da parede onde vos assassinaram. Hoje, apesar das dificuldades e dos obstáculos conseguimos que vos honrem como fostes em vida: como heróis."

 

E depois venham falar-me em leis de amnistia e coisa semelhantes. Não são poucos os que ainda continuam enterrados em valas comuns já encontradas ou por encontrar, não são poucos os que continuam a impedir que se apure a verdade e que as famílias encontrem os restos mortais dos seus familiares para encerrar a dor.

 

Fonte: El País

15
Jul11

Conversa para boi adormecer

salvoconduto

 

 

O Gaspar falou, disse ao que vinha e deixou claro: as mais-valias e juros de aplicações financeiras estão isentas do imposto extraordinário. Diz quem sabe que foi por uma questão de "equidade" e "estabilidade do sector financeiro".

 

Não me importo que as pessoas sejam assim frontais e digam tão cristalinamente o que pretendem fazer ao país, importa-me sim as que no recanto do voto secreto tanta questão fazem que eles o "equilibrem" desta maneira.

 

Siga a rusga, a estabilidade das famílias é de somenos importância...

13
Jul11

Farinha do mesmo saco?

salvoconduto

 

 

Não vi o debate mas há quem me garanta que estiveram bem, que estiveram um para o outro, chegam mesmo a dizer-me que ambos tentaram fugir com o rabo à seringa no a Sócrates se referia, um porque dizia que o "outro" pertencia ao Secretariado, já o "outro" lembrava que o "outro" pertencia à Comissão política.


Dos cargos no PS confesso que não domino os pormenores, até porque lá por dentro a disputa entre os "aventais e a opus dei está para durar, mas nesta coisa de ver quem lava melhor as mãos será um bocado difícil, ambos foram deputados com os resultados e figurinhas desempenhadas quer por um quer pelo outro.

 

Olhem, o diabo que escolha, e mesmo ele vai ter as suas dificuldades....

 

 

08
Jul11

Game of Thrones

salvoconduto

 

  

 

Traduzido à letra será Jogos de Tronos, mas por cá não me admiraria se lhe dessem outro título. Um irmão penetra à canzana a própria irmã que por sinal é rainha, um outro troca a sua pelo trono, um puto é empurrado do alto da torre e estatela-se no chão, não sei se morto se vivo, por presenciar o que não era suposto, porque ainda só tinha dez anos de idade, é este o resumo do primeiro episódio da série que há pouco comecei a ver.


É uma das séries da HBO que julgo ainda não se estreou por cá mas que lá fora já passou a primeira temporada e até saiu em DVD.


Também não sei por que carga de água associei o episódio com as declarações do José Gomes Ferreira, pelos artistas não é de certeza, talvez pelo guião.


Há no entanto uma coisa que me encanita, se eles dizem que a série é para maiores de 17 anos não entendo por que a SIC não colocou a rodinha vermelha no vídeo do José Gomes Ferreira, é que o ele só agora se atreve a dizer é igualmente para adultos...


É isso mesmo, meio mundo a "penetrar" à má fila outro meio, é disso que se trata, por favor ponham lá a rodinha que eu prometo que não deixo o meu cachorro ver a série.


Amanhã vou ver o segundo episódio, não percam quando passar por cá.

06
Jul11

De cabeça perdida, capitalismo de pantanas

salvoconduto

 

 

Tão entretidos andavam no jogo do monopólio, o farmville dos economistas, comentaristas e mais alguns istas, divertiam-se à bruta, que nem se deram conta que da maneira como o viciavam acabariam mais cedo ou mais tarde por destruir o próprio jogo. A jogatana está de cangalhas.


Agora lamentam-se por não os deixarem jogar mais, as agências de rating recolheram os dados, os cartões e o tabuleiro e atiraram-nos para o "lixo". É vê-los a chamar pelo paizinho ou pela mãezinha, é vê-los com aquele ar de putas ofendidas, gritar que acabaram de ser desfloradas.


À frente dos indignados marcha o Pedrito esse Guerreiro que durante o jogo escondia os dados numa mão enquanto lançava com a outra os que previamente viciara e que agora em pungente editorial lhes chama bastardos.


Logo atrás, como de procissão se tratasse, segue o resto do putedo de mãos dadas com azeiteiros e proxenetas entoando uma espécie de reza contra quem lhes roubou o brinquedo.

 

Destacam-se entre eles António Mexia, Fernando Ulrich, Pedro Seixas Vale, Faria de Oliveira, António de Sousa, Bagão Félix. Por lá se podem ver também Durão Barroso, François Baroin, o novo ministro das finanças francês, até o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaueble. Mais atrás sob um páreo Pedro Passos também geme afirmando que lhe deram um murro no estômago.


Ao longe ofegante mas a correr vem Cantiga Esteves com uns poucos de foguetes nas mãos, não percebe o próprio coitado que a procissão vai direita ao cemitério.

 

Já vai longa a procissão, se arrastando que nem cobra pelo chão.

05
Jul11

Lagarde? Lagarto, lagarto

salvoconduto

 

 

Sabem-na toda e riem-se da nossa cara, estudaram pelas mesmas sebentas. Christine Lagarde a nova directora do FMI apressa-se a transmitir aos mercados e àqueles que estão a contas com a crise que ela sabe ao que veio. De imediato exigiu um aumento de 11% em relação ao vencimento do seu antecessor, igualmente nas despesas de representação. Vai ganhar 467.940 dólares de salário anual mais 83.760 dólares de despesas de representação. Diz que é para fazer face à inflação, só faltando saber por onde ela mede o respectivo valor, já que nos Estados Unidos, sede do FMI, a taxa é de 3,2% e na União Europeia é de 2,2%.


Os mercados aplaudem ao mesmo tempo que baixam o rating de Portugal depois de anunciado o corte no 13º. mês que nem tinha lembrado aos companheiros de Lagarde. Siga a rusga, até a sardinha está magra...

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D