Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

12
Nov12

Dos bifes de Jonet aos tremoços de Moita Flores

salvoconduto

 

 

Garanto-vos que o homem ainda fica corcunda de tanto dobrar a espinha, ele aí está de novo a vergar-se perante a figura da patroa a quem reverencialmente lambe a mão, de tal forma que até Merkel incomodada com tanta gosma se apressa a puxar de toalhete de álcool e a esfregá-la vigorosamente após o ósculo do Moita.

 

Ainda as hostes laranja estão a limpar a merda da Jonet depois da cena dos bifes e do copinho de lavar a placa e já outro chafurda como um reco no lodaçal em que transformaram o país, diz a criatura que "eles", os tugas, não ele, que deve ser descendente de raça ariana, são pedinchões até ao tutano de tal forma que para beber uma cerveja até pedem tremoços à borla e acima de tudo são mal-agradecidos, não sabem reconhecer a bondade dos agiotas.


A nossa história está repleta destes corcundas, logo no berço da nação Egas Moniz, mais tarde transformado em herói, de corda ao pescoço lá foi lamber a mão do "Imperador" da época, que contrariamente a Merkel não dispunha de toalhetes nem de água canalizada, tramou-se com a lambedela e teve que ser sangrado durante uns tempos tal a quantidade de bactérias na gosma do Moniz.


Os casos repetiram-se ao longo de séculos, particularmente quando os Filipes por cá andaram a apascentar os rebanhos, Salazar e seus prosélitos, quando Hitler caiu, colocaram a bandeira a meia haste, hoje alguém hipocritamente diz que assim o exigia o "protocolo". Até mesmo o "outro" em pleno 25 de Abril prestava contas semanalmente a Carlucci, o representante do amo do norte.


Não admira pois a carta que Moita Flores escreveu no Correio da manhã em socorro da honra da patroa, só temo é que fique com a espinhela caída e que venha a ser o Estado, de quem tanto desdenha, a pagar-lhe os tratamentos de fisioterapia.

 

Uma certeza tenho porém, será em vão o esforço para figurar numa qualquer página da história, apenas serão recordados genericamente como os lacaios ou os eunucos de Ângela Merkel, nada mais do que isso.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D