Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

25
Set11

As mãos de Policarpo

salvoconduto

 

 

Há poucos dias Dom Januário, o capelão das forças armadas, veio a público tecer sensatas palavras de apoio aos mais desfavorecidos e lançando críticas para o interior da igreja. Não tive dúvidas do destinatário, Dom José Policarpo, o chefe da igreja católica em Portugal.

 

Agora é a vez deste, através do JN, vir a terreiro deixar claro que quem conduz os destinos da igreja é ele e só ele, reiterando os "princípios e causas" que defende, usando sofismas que por certo leu nas muitas oratórias de Cerejeira: Ninguém sai da política "com as mãos limpas", assim declara Policarpo.


Dom José Policarpo sabe do que fala, tal como Cerejeira vive de mãos dadas com esse lado da política e conhece-lhe bem os meandros que tanto lhe sujam as mãos.


Diz Policarpo que não se mete em política mas não faz outra coisa do que sucessivas coligações com o diabo para enaltecer o papel da troika e chamar os crentes a cumprir os respectivos mandamentos.


"Se nós colaborarmos todos, o próprio Governo encontrará soluções mais adaptadas" assim afirma ele para mais à frente acrescentar: "O Governo tem uma tarefa muito difícil. Tem um protocolo internacional para cumprir. A sua margem é muito limitada e a margem é de dentro das medidas necessárias escolher aquelas que vão mais ao encontro da pessoa humana", claro Dom José, é mesmo isso, aquelas que vão ao encontro dos mais ricos que aos pobres até lhes roubaram a condição humana, exactamente a mesma coisa que vossa senhoria faz com o seu rebanho.


Sei que há quem lhe beije a mão, eu nem sequer lha apertava com medo de ficar com a minha também suja, distância Dom José, distância, continue a apertar as mãos àqueles que lhe sujam as suas.

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D