Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

17
Out11

Frei João

salvoconduto

 


José Manuel Fernandes, o seboso, como alguém lhe chamou na caixa de comentários do caixote do lixo onde escreve desde que foi despedido do cargo de director do Público depois de por ali ter deixado escola na arte da mais baixa e vil insinuação, continua igual a si próprio no blog onde lhe deram asilo.

 

Afirma-se escandalizado pelo depoimento de uma senhora, da qual cita o nome, médica de família, ao Público de domingo sobre o SNS. Porque a referida senhora deu conta que se reformou aos 55 anos de idade com 30 anos de serviço e 1120 euros de pensão, sabujo como é, disparou por ali fora na arenga sobre os funcionários públicos, não poupando a adjectivos em relação à referida senhora.


Cuidou de saber se por acaso ela se reformou por invalidez? O cérebro não lhe dava para tanto.


Cuidou de saber se a senhora é uma das muitas que farta de tanta humilhação resolveu bater com a porta arcando com pesadas penalizações no montante de reforma? Uma vez vais o cérebro não dava para tanto, tal a montanha de sebo que o cobre.

 

Alguma vez JMF escreveu uma linha que fosse sobre as pensões milionárias dos seus mestres? Alguma vez JMF verteu nas folhas do Público o seu pesar por ver uma outra senhora, esta das suas hostes, reformar-se não com 55 anos mas 42? Não com 1120 euros mas 2300? Não com trinta anos de descontos mas apenas 9? Não por invalidez, mas fresquinha como uma alface, tal é o caso da actual presidenta da Assembleia da República? Quantos pesos quantas medidas?


Exaspera-se o seboso com os 1120 euros por 30 anos de trabalho mas não se exaspera pelo "subsídio de alojamento" de 1150 euros que recebe o Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo ou o Secretário de Estado das Comunicações José Cesário por terem residência a mais de 100 quilómetros de Lisboa quando ambos têm casa própria na capital. Nem uma linha.


Cai o Carmo e a Trindade pela reforma da senhora, de 1120 euros e 30 anos de trabalho mas moita-carrasco para o "subsídio" de 1150 euros, que se estende também ao ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, a Juvenal Peneda, adjunto do ministro da Administração Interna, aos Secretários de Estado Paulo Simões Júlio, Cecília Meireles, Daniel Campelo e Marco António Costa e à subsecretária de Estado adjunta Vânia Barros.

 

Alguém lhe ofereça um frasco de champô ou sabão macaco para lavar a cabeça que o sebo já pinga e tolda-lhe o raciocínio! Irra que esta gente tira-me do sério!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D