Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

27
Out11

Ganda noia

salvoconduto

 

 

Quem vir a figurinha malhar assim na função pública e nas empresas públicas por certo até será capaz de jurar que Marques Mendes nunca passou pelo Estado, muito menos pelo governo. Tapa com uma mão o que o diabo destapa com duas.


Zangado com os seus pares bateu com a porta do Parlamento e foi à vida logo tratando de requerer a reforma do Estado com 50 anos de idade e 20 de descontos, cerca de 3 mil euros o montante da mesma, o esforço ou o encosto como lhe queiram chamar merece ser compensado, já lhe doíam as cruzes aos cinquenta de idade e bem vistas as coisas 20 anos é muito tempo, muitos dias, muitas horas a mamar.


Ainda não tinha descido os degraus todos da Assembleia da República e já assinava contrato de vedeta na Nutroton Energias onde joga na posição de administrador executivo.


Está fresquinho que nem uma alface, até tem um programa na TVI onde agora malha semanalmente na função pública e num ou noutro dos seus pares que o quiseram ver pelas costas.

 

Os cerca de 3 mil euros, 2.905 para ser mais preciso, mais o parco vencimento de administrador e os trocos da TVI dá e sobeja para cagar de alto, perdão, para falar de cátedra sobre tudo o que está mal neste país.  À boa maneira de Medina Carreia também leva uns gráficos coloridos para impressionar, há quem garanta que até está a aprender a trabalhar com o PowerPoint.


O que os gráficos não mostram, deve ser deficiência da TVI, é a sua passagem pelo Estado que lhe deu pensão vitalícia. Foi Secretário de Estado Adjunto do Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares do X Governo, Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, no XI Governo, Ministro-Adjunto do Primeiro-Ministro do XII Governo, Ministro dos Assuntos Parlamentares, no XV Governo.


Há três anos atrás deu largas à criatividade e escreveu um livro "Mudar de vida", mudasti, mudasti, ó Mendes! Boa vida a tua! Não os poupes, malha com força, eles não sabem que tu também andaste a desgovernar o país. Não te preocupes eles têm memória curta. Além do mais dá-te um ar muito in, até ficas mais alto.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D