Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

31
Out11

Estamos quase no Natal, regressam os perus

salvoconduto

 

 

Jorge Lacão mais uma figurinha que se enquadra bem na colecção de espantalhos aqui do blogue, diz a criatura que é necessário diminuir o número de deputados e apresenta como razão de peso o facto de as suspeitas que pesam sobre alguns deputados serem promovidas por termos um sistema representativo que não liga os representantes aos representados, como se Isaltino, Fátima Felgueiras, Valentim Loureiro e outros não estejam ligados aos seus representados. Será que a figurinha pretende enganar alguém ou está tão somente a fazer um frete?


É outro que quer tapar com uma mão o que o diabo destapa com as duas. O que descredibiliza a função de deputado é Jorge Lacão em pessoa. Derrotado nas eleições e desse modo corrido de um governo de má memória cuidou de manter o seu lugar de deputado em vez de o colocar à disposição daquele que ocupava o lugar imediato na lista de que fazia parte.


Jorge Lacão, com o umbigo no local onde as pessoas normais se sentam, não dá conta da triste figura que faz juntamente com todos os ex-ministros que se recusam a abandonar as cadeiras do Parlamento. Lá se sentam, seráficos, macambúzios, foi-se a arrogância do poder, sem pingo de vergonha. Prefere atirar-nos com poeira para os olhos com essa da "ligação" com os eleitores, logo ele que esteve num governo completa-mente desligado do país.


Jorge Lacão nem por um momento fala na multiplicidade de interesses de alguns deputados que ali mais não fazem do que cuidar das suas "liga-ções" a empresas ou escritórios de advogados e vem apregoar que a culpa está no número e na representatividade.

 

Em plena destruição do Estado a que também ele deu uma ajudinha a única coisa que se lembra de dizer é que o Parlamento tem deputados a mais.


Pobre figurinha... tu não mudasti, sempre pequenino, sempre igualzinho.

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D