Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

30
Ago08

Abel e Caim sob censura

salvoconduto

Suponho que este assunto já terá sido abordado na blogosfera, mas por certo sem a "arma do crime" , vamos então aos factos:

O Ajuntamento da localidade italiana de Ortisei, no norte da Itália, decidiu retirar, antes do previsto, duas estátuas que representam Abel e Caim, nús, para não "perturbar" uma procissão que passará na mesma rua em que se encontram.

Segundo o "Corriere della Sera", as esculturas do artista Lois Anvidalfarei, de contornos esbatidos e genitais definidos, de um tamanho considerável, incomodaram alguns moradores, pelo que o pároco local pediu que fossem retiradas quanto antes.

O pároco conseguiu que o Ajuntamento e a instituição responsável pela exposição se comprometessem a retirá-las antes do encerramento, fixado inicialmente para o próximo 12 de Outubro, para que não coincidam com a procissão e não perturbem os fiéis.

"Não questiono a arte, mas se os meus fieis falam de desordem na via pública sou obrigado a intervir", declarou o pároco Vitalias Delago.

Para o artista Aron Demetz, que expõe também na exposição da qual fazem parte as duas estátuas, trata-se de um "regresso aos tempos obscuros em que o 'cú' metia medo".

É segundo caso de obras censuradas nesta região nos últimos meses porque ofendem a sensibilidade religiosa, já que uma escultura que representava um sapo crucificado do Museu de Arte Moderno de Bolzano foi mudada de piso, há algumas semanas, por exigência do bispo que agore exige a retirada do museu.

Similar é caso já referido aqui de uma reprodução do Quadro "A Verdade Desvelada pelo Tempo", pendurada na sede do Governo italiano em Roma, que foi retocada para cobrir, com um véu, o seio nú de uma das personagens.

A somar a isto a atitude do museu Cà Rezzonico, em Veneza, norte da Itália, que proibiu a entrada de uma turista muçulmana que vestia o niqab, o véu que deixa descoberto apenas os olhos, alegando motivos de segurança.

Acompanhada do marido e da filha, a mulher havia pago a entrada na bilheteria sem nenhuma objeção por parte dos funcionários locais, no entanto, quando subiu ao andar superior para visitar as salas foi convidada a retirar o véu ou a permanecer fora do museu.

Ou seja, Itália soma, segue, vá lá que desta vez não resolveram adulterar a obra castrando Abel e Caim e nem me alongo demasiado não vão eles lembrar-se...

Será que também vão proibir as freiras de entrar no museu? Bem vistas as coisas só têm mais à mostra o nariz e a boca...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D