Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

08
Mar12

Aldrabão

salvoconduto

 

 

Questionado no debate parlamentar sobre as portagens recebidas a dobrar pela Lusoponte, Passos Coelho garantiu que aquela empresa não tinha recebido qualquer verba referente a portagens do mês de Agosto de 2011, afirmando que a verba de 4,4 milhões era necessária para a compensar dessa receita. O aldrabão foi mesmo ao ponto de dizer a Francisco Louçã que estava a fazer uma "cena" no Parlamento...

 

Esta gentinha não se convence que o diabo tapa com uma mão mas descobre com as duas e agora é a própria Lusoponte que reconhece que recebeu a dobrar. Recebeu mas não pretende devolver já que é credora do Estado. Quem não é credor de coisa nenhuma e fica com o selo de aldrabão é Passos Coelho e o seu secretário de Estado dos Transportes.

 

O mais engraçado no meio disto tudo é que sendo Passos Coelho um devoto do mercado não se dê conta que se fizesse numa empresa privada o que acabou de fazer no Estado tinha sido sumariamente despedido com justa causa.

 

Não tivesse o problema sido levantado e a esta hora alguém estaria a fazer uma "festarola" com os 4,4 milhões. Rouba quem pode com a conivência de quem deixa...

 

E a conivência tem nome, Sérgio Monteiro, secretário de Estado dos Transportes, o tal que garantiu a Passos Coelho que a Lusoponte "precisou de ser indemnizada" porque "não ficou com o resultado das portagens que foram cobradas durante esse mês" e que as receitas "foram retidas pelas Estradas de Portugal".

 

Agora já depois do debate quinzenal no Parlamento é também o Secretário de Estado das Obras Públicas, assim em jeito de "vejam lá não me comprometam", que emite um comunicado desdizendo o Primeiro-ministro e o secretário de Estado dos Transportes garantindo que os 4,4 milhões foram mesmo pagos à Lusoponte...

 

Podem vocês dar as voltas que quiserem, pintar a cena com os lápis de cor que entenderem, para mim é descarada tentativa de roubo dos cofres do Estado com a conivência pelo menos de um Secretário de Estado, aguardo para ver se o mesmo é demitido ou condecorado.

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D