Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

25
Jun12

"Oficializada" a corrida de Menezes à Câmara do Porto

salvoconduto

 

 

E julgavam vocês que Filipe Menezes estava louco quando garantiu aos seu amigos construtores e empreiteiros que se deverão construir três pontes e um túnel para unir o Porto a Vila Nova Gaia! Que me dirão então das cem "personalidades" da Invicta que compareceram à cerimónia onde Menezes decidiu "oficializar" o projecto? Havia lá de tudo, gente com guita, gente sem guita, gente que não tem onde cair morta mas que comparece sempre que é "aconselhada" a comparecer e gente que não é gente já que se locomove coladinho ao chão, ao nível onde os outros colocam as solas dos sapatos.

 

A nobreza estava lá toda, a igreja também, até o mundo da bola se fez representar ao mais alto nível pelo todo-poderoso Lourenço Pinto, Presidente da Associação de Futebol do Porto. Pinto da Costa que já vai contando os dias que faltam para assomar de novo à varanda da Câmara do Porto, fez-se representar pelo seu fiel betinho, Nuno Cardoso, que também já foi presidente da câmara e de extrema utilidade quando foram negociados os terrenos do estádio das Antas e arredores.

 

A corrida está lançada por muito que doa o cotovelo de Rui Rio. Amor com amor se paga diz Menezes, três pontes e um túnel estão garantidos desde que sente o traseiro no salão nobre da Invicta. Quem dá também uma ajudinha é aquele deputado latagão do PSD com cara de abóbora, Carlos Abreu Amorim, que acaba de publicar esta prosa sob o título Novas pontes entre nós… (ele e o Menezes, claro):

 

"Luís Filipe Menezes é o exemplo de que com imaginação política e um imprescindível plano financeiro sustentável, as boas ideias podem brotar e ser realidade mesmo em tempos de aflição financeira. Em triste contraste com um Porto abúlico, politicamente avelhentado e volitivamente inexistente."

 

Carlos Abreu Amorim não disfarça o seu ódio para com Rui Rio, contas antigas, ao mesmo tempo aproveita e promove o amigo de ocasião com quem estabelece agora pontes, longe vão os tempos, ainda sem a farda de deputado do PSD, em que arremetia contra qualquer investimento público por muito parco que fosse num programa semanal com Joana Amaral Dias e aquela coisa viscosa que tem por nome Emídio Rangel.

 

Esperem por mais, a procissão ainda vai no adro…

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D