Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

14
Out12

Advogado do Diabo

salvoconduto

 


Ora aí está um gestor que sabe cuidar do seu negócio, o das almas, quanto mais enterrado estiver o país e o povo mais próspero o seu nicho de mercado. Enchem-se os cofres com as montanhas de cera queimada, enchem-se igualmente as caixas das esmolas daqueles que em desespero se agarram à fé na vã ilusão que aconteça um milagre e ali depositam o que em alguns casos tiram à boca. Policarpo faz farte daquele grupo restrito de pessoas que se alimenta da desgraça alheia.


Ao longo de dois milénios a igreja de Policarpo mantém a mesma matriz, quanto pior melhor, o reino dos céus em troca dos últimos despojos.


Dom José Policarpo, fervoroso seguidor dos ensinamentos do cardeal Cerejeira de má memória se bem que agradado com o crescente volume de negócios demonstra no entanto nas últimas semanas medo do próprio rebanho que diz conduzir.


Com o avolumar das manifestações de descontentamento popular Poli-carpo sobressalta-se receoso que as ovelhas se revoltem e lhe acabem com a safra que se tem mostrado generosa desde que Passos Coelho ocupou a cadeira à sua direita, Fátima rebenta pelas costuras.


Preocupado com os ventos que sopram de Norte a Sul, que ameaçam ser de mudança, sente necessidade de subir ao púlpito e dali conduzir para o redil as ovelhas que ameaçam tresmalhar, não hesita e recorre ao velho mestre Cerejeira de quem cedo recebeu os ensinamentos:


"Não se resolve nada contestando, vindo para grandes manifestações. Sejamos objectivos e tenhamos esperança que há sinais positivos, este sacrifício levará a resultados positivos não apenas para nós mas para a Europa. Até que ponto é que nós construímos uma saúde democrática com a rua a dizer como é que se deve governar?”. Estas as palavras de Policarpo que poderiam ter sido de Cerejeira.


Passos e Gaspar, Portas e Isabel Jonet têm em Policarpo um aliado de peso, balão de oxigénio que é sempre útil principalmente nesta altura em que reabrem os circos romanos e voltam a lançar os "cristãos" às feras.


Cada vez é mais difícil distinguir deus do diabo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D