Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

13
Nov12

Pisca-pisca

salvoconduto

 

 

Sosseguem que não vou comentar a Convenção do Bloco, isso compete aos seus militantes, é a eles que cabe no sítio próprio decidir do seu futuro. Comento sim a actividade, porque pública, de um dos seus militantes que tem uma agenda muito própria, perito no preconceito e em estratégias fracturantes, traz uma lanterna destas modernas com leds que dão mais luz e mais brilho com a qual pretende mostrar o caminho àqueles a quem não se cansa de apelidar de cegos.


Daniel oliveira lança conselhos, acusações e outros desvarios a quem não alinhe na caminhada que gizou.

 

"O Bloco de Esquerda só pode fazer a sua parte: trabalhar para essa convergência com empenho e não facilitar a vida aos que, no PCP, querem continuar orgulhosamente sós e aos que, no PS, preferem conver-gir com a troika e com o PSD. Pelo meu lado, farei a minha parte no único partido em que posso, como militante, determinar alguma coisa esperan-do que os muitos comunistas que gostavam de ter um partido aberto ao diálogo unitário façam o mesmo no PCP."

 

Escreve tudo isto com a maior das calmas, ao mesmo tempo que a lanterna brilha, às vezes pisca, há até quem o confunda com um pirilampo ou vaga-lume.


Acredito, claro que acredito que o Bloco ainda possa ser o partido em que Daniel Oliveira como militante possa determinar alguma coisa, podem é cansar-se de o ver sistematicamente a querer ser mais papista do que o papa, dono da lanterna e da verdade absoluta. Fernando Rosas deve-o conhecer de ginjeira, tal a maneira como o colocou no seu lugar, sem rodriguinhos, ao que parece a esmagadora maioria dos delegados à Convenção do Bloco idem aspas, mas ei-lo que volta de novo à actividade em que navega melhor, ele aí está a tentar ganhar no Arrastão, de que é co-proprietário, o apoio que não teve no partido a que diz pertencer e é verdade que o recolhe, para ali comentar não é necessário ser militante ou sequer apoiante, foi lá a direita toda a louvá-lo e incentivá-lo a manter a lanterna ligada. Publicou ali a intervenção com que defendeu o seu projecto na Convenção do Bloco, certo de que teria o apoio de grande parte dos comentadores, são situações em que a direita não se faz rogada e aproveita um palco da esquerda para distribuir adjectivos e preconcei-tos contra o PCP e o Bloco, o homem incha e a lanterna brilha, e não corre o risco de ficar orgulhosamente só, terá a direita por companhia.


Ainda alguém o desafiou a colocar ali igualmente a intervenção de Fernando Rosas para os leitores terem uma perspectiva mais global do que estivera em discussão, vai lá vai, querias, pode ser pirilampo mas parvo não é.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D