Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

14
Fev13

Legalizem-se os bordeis!

salvoconduto

 

 

Certo e sabido que ficaram algumas contas por ajustar do tempo em que Francisco José Viegas esteve no governo. A areia no sapato de Viegas ainda lá está desde a altura em que Passos e Relvas o terão impedido de ser ministro da Cultura remetendo-o para o subalterno cargo de Secretá-rio de Estado.

 

Cá se fazem cá se pagam, terá desabafado Viegas para os seus botões, e se melhor o pensou mais depressa o fez, publicamente no seu blogue, em forma de missiva dirigida não a Passos Coelho mas a Paulo Núncio, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, tendo a certeza que a carta seria lida em primeira mão pelo verdadeiro destinatário e a permitir ao comum cidadão fazer uma leitura diferente da versão oficial quando Francisco Viegas apresentou a demissão. Está lá escrito, preto no branco, o que pensa de uma das últimas decisões do governo de atirar os cães às pernas do cidadão que não peça factura:


"Caro Paulo Núncio: queria apenas avisar que, se por acaso, algum se-nhor da Autoridade Tributária e Aduaneira tentar «fiscalizar-me» à saída de uma loja, um café, um restaurante ou um bordel (quando forem legali-zados) com o simpático objectivo de ver se eu pedi factura das despesas realizadas, lhe responderei que, com pena minha pela evidente má criação, terei de lhe pedir para ir tomar no cu, ou, em alternativa, que peça a minha detenção por desobediência."


Tomar no cu? Tão amigos que eles eram...

 

Viegas que se ponha a pau que ainda pode ser acusado por bulling.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D