Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

09
Dez08

Os cavalos também se abatem

salvoconduto

A actual recessão nos Estados-Unidos tem outras consequências para além das conhecidas normalmente pelo cidadão comum.

Confrontados pela crise económica, os americanos empobrecidos abandonam ou deixam morrer à fome os seus cavalos. É como uma epidemia que se propaga pelo país inteiro. As mesmas cenas lúgubres repetem-se: os animais emagrecidos ao extremo erram sem rumo por pastagens tornadas estéreis pela seca.

Não podendo mais alimentá-los nem pagar os cuidados veterinários, os seus proprietários abandonam-os longe de casa ou deixam-nos apodrecer nos estábulos. Alguns sucumbem à fome, outros são socorridos por organizações de defesa do animal ou por particulares.

As razões dessa tragédia são múltiplas, mas estão sempre ligadas a uma economia em recessão a que acresce o encerramento de matadouros especializados que "tratavam" de 100.000 cavalos por ano, motivado pela decisão de vários tribunais de interditar o abate de cavalos destinados ao consumo humano.

Na ausência desses matadouros numerosos cavalos idosos ou doentes, que seriam normalmente enviados para abate, as pessoas deixam-nos apodrecer.

E são precisamente os militantes da causa animal que consegui-ram o encerramento dos matadouros que agora lhes viram as costas. Talvez merecessem que os seus jardins fossem pejados de cavalos a morrer de fome e se dessem conta do absurdo de levarem longe demais as suas "nobres" posições. Ironia triste.

Mas não ficamos por aqui. Alguns cavalos são supliciados por famílias em desespero, vítimas da crise hipotecária ou desemprego, como se fossem os culpados da crise, embora sendo certo que não podem continuar a alimentar os seus animais. Alimentar um cavalo custa actualmente entre 200 e 400 dólares mensais.

E também é certo que dois milhões de americanos possuem hoje cerca de nove milhões de cavalos. No meio rural, é considerado um animal doméstico e daí a dimensão desta tragédia, a que o poder assiste impávido e preocupado com outros "valores". Os cavalos, esses, sofrem e morrem sem o auxílio de uma "mão misericor-diosa". É o "Californian Dream"...

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D