Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

29
Dez08

A matança vinha sendo preparada há seis meses

salvoconduto

 

"Os preparativos da operação militar israelita começaram há seis meses. Hamas e Israel negociavam então uma trégua sob os auspícios do Egipto.

Nesses seis meses Israel obteve a localização dos depósitos de armamento do Hamas, a localização dos campos de treino e o alojamento dos principais responsáveis do Hamas. Uma vez na posse desses dados tornou-se então para Israel irreversível a decisão de atacar mortífera e definitivamente o movimento que tem sido um espinho cravado na sua fronteira." Ler aqui

Não foi para mim surpresa que após o ataque sanguinário de Israel, a imprensa ocidental se apressasse a gritar que o ataque era uma resposta ao lançamento de rockets por parte dos palestinianos, e tentasse camuflar a verdade: a intenção do governo israelita de aniquilar o Hamas, assunto que já abordei aqui e no post anterior. Lentamente a verdade vem ao de cima e afinal era em plena época em que se negociava o cessar-fogo que cinicamente se iniciava a preparação deste ataque.

"Como é seu timbre, Israel preparou muito bem este ataque fulminante à Faixa de Gaza e ao movimento islamita, Hamas. Lançou uma campanha de desinformação muito bem planeada que visava apanhar o Hamas completamente desprevenido."  Sabiam até o pormenor do dia e local realização de uma formatura de novos polícias, sobre quem despejaram uma bomba.

"Essa campanha de desinformação, de engano e de segredo visou evitar que o Hamas levasse a sério a possibilidade de um ataque israelita ao território por si controlado."

A estratégia revelou-se de sucesso. O Hamas foi totalmente enganado pela estratégia de Israel e a matança, fria e calculista, consumou-se.

Depois da matança de Sábado seguiu-se outra neste Domingo e promete prosseguir perante a hipocrisia dos governos ocidentais, da ONU e do apoio incondicional dos Estados Unidos.

Bush que deu luz verde a este massacre goza assim, à sua habitual maneira, uma verdadeira "festa de despedida" da Casa Branca. Obama sempre lesto a pronunciar-se sobre tudo e mais alguma coisa guarda um pesado e comprometedor silêncio.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D