De Ana Camarra a 16 de Janeiro de 2009 às 01:47
Ora Bem , as palavras não foram inoportunas, foram antes carregadas da mesma vaidade e arrogância que infelizmente tem caracterizado a Igreja enquanto instituição em toda a sua existência.
Nã acredito em Deus, respeito quem acredita, seja cristão, muçulmano ou outra opção.
Mas não consigo respeitar a Igreja, critão ou outra, enquanto Instituição, não são muito mais que parasitas.
Por fim uma observação, o Islão, é na genese, tal como catolicisnosmo uma religião de amor, é claro que que isto é a teoria, não a prática, de nenhuma delas, aliás.
Lembremo-nos da Santa Inquisição, das Cruzadas, de outros mimos de terror com que a Igreja Católica tem presenteado a humanidade...

Beijos Salvo
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.