Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

25
Fev09

Uma vez mais, Uribe

salvoconduto

Novo escândalo varre a Colômbia ao vir a público que o serviço secreto colombiano (DAS), que depende directamentede Álvaro Uribe, tem vindo a espiar ilegalmente magistrados, jornalistas, políticos da oposição, militares e dirigentes sindicais.

A descoberta desta rede só foi possível pela denúncia de vários agentes à revista 'Semana' dando a conhecer que desde há quatro anos quem represente incómodo para o governo passou a ser vigiado.

Especialmente visados têm sido os magistrados com quem Uribe abriu um contencioso depois do magistério público ter decidido abrir uma investigação contra o seu primo Mário Uribe por vínculos com grupos paramilitares.

Esclarecedor é o facto de que em 20 de Janeiro, o dia da tomada de posse de Obama, altos responsáveis do governo de Uribe ordenaram o desaparecimento de centenas de documentos secretos. Num deles detalham-se as escutas e a vigilância feitas a Ivan Velasquez, o juiz que investiga a parapolítica militar na Colômbia e que já afirmou temer pela sua vida.

Só sobre ele existem mais de 2.000 horas de chamadas telefónicas gravadas, assim como todos os seus movimentos têm sido seguidos, desde as diligências que efectuou junto de chefes paramilitares internados em prisões até aos próprios almoços com familiares.

Mas não é o único a ser espiado, também os dirigentes de esquerda Carlos Gaviria, Gustavo Petro, a mediadora na libertação dos reféns das FARC, Piedad Córdoba, pelo menos cinco magistrados do Supremo Tribunal de Justiça e vários jornalistas.

Entre este últimos figuravam Julio Sanchez e Felix Bedout, da estação de rádio W; Dari Arizmendi, director da cadeia de rádio Caracol; Alejandro Santos, director da revista 'Semana'; Daniel Coronell, director do telenoticiário 'Notícias Uno'; e Ramiro Bejarano, ex-director do serviço de inteligência DAS e colunista que está nas fileiras da oposição.

Mas não se queda por aqui a actuação da DAS, como a própria revista revelou, também a informação secreta estava a ser filtrada para os narcotraficantes e paramilitares que as utilizavam como chantagem nas suas actividades de narcotráfico.

Mais uma trama do ditador da Colômbia, que só agora começa a desvendar-se.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D