Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

01
Abr09

Hugo Chavez deposto, golpe de estado na Venezuela!

salvoconduto

O general Lucas Rincón, chefe das Forças Armadas Venezuelanas, anunciou que Chávez se demitiu, tendo o presidente da Fedecámaras, Pedro Carmona, assumido a presidência da República. Hugo Chávez terá no entanto conseguido enviar uma mensagem dizendo: ""No he renunciado al poder legítimo que el pueblo me dio. Por siempre Hugo Chávez".

Carmona dissolveu a Assembleia, os poderes judiciais e atribuiu-se a si próprio poderes extraordinários. Carmona declarou publicamente que no prazo de um ano se celebrarão novas eleições presidenciais e legislativas. Os acontecimentos geraram levantamentos populares nas ruas de Caracas protagonizados por apoiantes do regime agora  deposto.

Chavez encontra-se sob prisão na ilha de La Orchila e aí aguardará até ser julgado. Sabe-se agora que vários membros do governo dos EUA haviam mantido frequentes contactos com diversos líderes golpistas, nos meses e, principalmente, nas semanas anteriores ao golpe. Entretanto o governo americano já negou que tivesse patrocinado, ou sequer apoiado, qualquer solução não-democrática para a Venezuela: Os Estados Unidos não sabiam que haveria esta tentativa de derrubar ou de tirar de Hugo Chávez do poder, declarou um alto oficial do governo americano.

No entanto apoiantes de Hugo Chávez afirmam que os Estados Unidos apoiaram o golpe de estado, afirmando que nos últimos dias os radares do país detectaram a presença de navios e aviões militares americanos em território venezuelano.

A OUA, organização dos Estados Americanos, acabou de condenar o golpe e prosseguem confrontos nas ruas entre apoiantes e opositores de Chávez.

Não é nada que não estivesse há muito nos planos da extrema-direita venezuelana que convive mal com a democracia, principal-mente quando vê postos em causa muito dos seus privilégios conquistados em regimes ditatoriais anteriores. Novamente a pata militar faz impôr a sua vontade. De nada valeu a hugo Chavez submeter-se ao julgamento popular através do voto.

Que acontecerá agora em países como a Bolívia e o Equador? As próximas horas trarão por certo mais esclarecimentos.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D