Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

08
Jul08

O "outro lado" da Colômbia

salvoconduto

Prometi voltar ao tema e não demorou muito a partilhar com vocês esta minha estranheza ao assistir a esta ânsia de certa comunicação social de querer alcandorar um criminoso, Uribe, a herói. Logo este chefe do governo que tem um longo histórico de massacres e assassinatos.

Relembremos então quem é Uribe:

Um relatório do departamento de Defesa dos Estados Unidos de Setembro de 1991 faz uma espécie de quem é quem no mercado de cocaína na Colômbia. A lista inclui o chefe do cartel de Medellín Pablo Escobar e mais 100 outros criminosos, assassinos, traficantes e advogados para lá de suspeitos. O número 82 da lista é nem mais nem menos Álvaro Uribe Velez, descrito como um político e senador que faz uma ponte entre o cartel de Medellín e a alta cúpula governamental.

Diz ainda o relatório, divulgado pela revista Newsweek em 9 de agosto de 2004, que Uribe esteve envolvido em negócios com drogas nos Estados Unidos, trabalhou para o cartel de Medellín e era amigo íntimo de Pablo Escobar. (retirado do blogue do Melo)

Uribe está ligado aos sectores do narcotráfico e à chamada “parapolítica” colombiana, 60 congressistas da sua base de apoio de Uribe — 30 presos — estão sob investigação por supostas ligações com os paramilitares, acusados de violação dos direitos humanos e narcotráfico.

Francisco Enrique Villalba Hernández, cabecilha paramilitar, preso em La Picota acusou-o de ter planificado, enquanto governador de Antioquia, o  massacre da povoação de El Aro, em 1997. A decisão do massacre terá partido da reunião que teve lugar em La Caucana e nela participaram Álavaro Uribe e seu irmão Santiago, os generais do exército Ospina e Manosalva, o general da polícia Roso José Serrano e o capo narco-paramilitar Salvatore Mancuso, entre outros.

Em 2002, Uribe assumiu a presidência da Colômbia. Em 2005, conseguiu uma mudança na constituição tornando possível sua reeleição. O que aconteceu. Agora está a tentar nova mudança e tudo indica que iniciará um terceiro mandato, depois o ditador é Hugo Chavez....

 

 

O acontecimento da semana passada, para além da libertação de reféns, teve outra virtude, demonstrar mais uma vez que na Colômbia existe um conflito armado, que as partes em combate agem pela lógica militar, que pressupõem o aprisionamento de pessoas dos dois lados.

O genocídio da população civil é a demontração clara da violação dos direitos humanos na Colômbia.

A ausência de uma vontade de criar saídas para a crise humanitária dificulta qualquer possibilidade de paz. É urgente que se crie na Colômbia a vontade de que as famílias possam voltar a ver os seus parentes – as famílias  dos DOIS LADOS no confronto -  a vontade de respeitar a vida e a dignidade humana.

Uribe faz apelo à guerra, em lugar de fazer apelo à paz; pode dizimar as Farc e mesmo assim o país não será livre.

 

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D