Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Salvo-conduto

A erva daninha cresce todos os dias

A erva daninha cresce todos os dias

Salvo-conduto

09
Set09

Hipocrisia?

salvoconduto

Após o debate Sócrates-Louçã, no seu blogue Daniel Oliveira, destacado militante do Bloco de Esquerda, escreveu:

"Adoro ver, nas televisões, que os comentadores de direita têm quase o exclusivo da análise de um debate fundamental para o eleitorado de esquerda. E acho extraordinário que nenhum deles tenha, pelo menos no que às nacionalizações diz respeito, lido o programa do Bloco de Esquerda e, mesmo assim, a ele se refiram."

E qual é o problema da afirmação? Perguntar-me-ão vocês. Nenhuma e até a poderia subscrever. Só que, lá vem outra vez o raio da palavra, "quase" que Daniel Oliveira teria razão. E digo teria, se não enveredasse hipocritamente pelos mesmos caminhos. Daniel Oliveira rapidamente atira os seus “princípios” às malvas e alinha na farsa com os comentadores que precisamente no dia anterior criticara.

Como é sabido, realizou-se ontem mais um debate, desta vez Manuela Ferreira Leite versus Jerónimo de Sousa. Como também é habitual a SIC- Notícias convidou três comentadores, desta vez incluiu alguém do Bloco, precisamente Daniel Oliveira, para comentarem o debate acabado minutos antes.

E qual é problema? Perguntar-me-ão vocês outra vez. Precisa-mente este meu mau feitio de não deixar que a hipocrisia se abata tão facilmente sobre nós. É que esses três comentadores mandaram o debate acabado de ouvir às urtigas e capitaneados por Daniel Oliveira, entretiveram-se a comentar outra vez o debate Sócrates versus Louçã.

É por estas e por outras que ter coluna vertebral tanto custa nos dias de hoje. A Daniel Oliveira parece que não, porque se a tivesse não tinha feito a figurinha que fez.

Insurgiu-se por não estar ali nenhum comentador da "outra esquerda"? Pelo contrário, alinhou e, repito, capitaneou a farsa dos comentários ao debate Ferreira Leite-Jerónimo de Sousa, mais interessado que estava em tentar "limpar" aquela coisa das deduções da saúde e educação que o seu partido por decisão própria incluiu, mal, no seu programa eleitoral.

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D